Wallace quer fazer valer entrosamento para chegar ao bi da Superliga

Oposto do Sada Cruzeiro ressalta importância de poucas mudanças no elenco nos últimos anos, além da afinidade com levantador William

iG Minas Gerais | DANIEL OTTONI |

Sada Cruzeiro jogará dentro de casa por ter feito melhor campanha
ALEXANDRE ARRUDA - CBV
Sada Cruzeiro jogará dentro de casa por ter feito melhor campanha

O oposto Wallace garante que o Sada Cruzeiro assimilou as lições das últimas temporadas, quando o time chegou na final da Superliga por três vezes e venceu apenas uma delas. Depois de dois vices, o jogador garante que o time chega mais maduro para a final de domingo, às 10h, contra o Sesi-SP, no Mineirinho.

“Batemos na trave no ano passado. O RJ jogou bem e mereceu. Agora, nosso time está muito bem, voltou a jogar como no primeiro turno, quando fomos quase impecáveis. Agora temos que colocar em prática o que foi trabalhado durante toda a competição. O grupo todo está muito focado nessa final e estamos bem preparados”, relata Wallace. A manutenção da base e o entrosamento de anos seguidos são algumas das armas apontadas pelo jogador como fundamentais para a boa campanha. Ele espera que o time esteja bem e rende o esperado no jogo, que terá transmissão ao vivo da Rede Globo. “Mantemos uma base há quatro temporadas e isso é muito importante. Tenho certeza que é um detalhe que vai pesar a nosso favor. Muitas vezes, os jogadores se conhecem e sabem o que o outro vai fazer só de olhar”, mostra. A afinidade com o levantador William traz ainda mais confiança para que o oposto tenha boas condições ofensivas no duelo que promete muito equilíbrio. “Jogo há quatro anos com o William e ele conhece muito bem o meu estilo de jogo. Ele acerta a minha bola e isso facilita muito a minha vida”, completa.