Índio é preso após agredir filho recém-nascido dentro de hospital

Polícia foi acionada pelo porteiro da instituição após denúncias de outros pacientes

iG Minas Gerais | CAROLINA CAETANO |

Um índio de 22 anos foi preso após agredir o próprio filho de apenas 19 dias dentro de um hospital de Montes Claros, na região Norte de Minas, na noite dessa quarta-feira (9). A denúncia foi feita por outros pacientes que presenciaram a agressão.

A Polícia Militar foi acionada por um porteiro da Santa Casa depois que outras pessoas lhe contaram que estavam em uma enfermaria quando, por motivo desconhecido, Gilvan Pereira Ferro começou a dar tapas e empurrões na cabeça do menino.

A mãe, que teve uma complicação após o parto e estava na instituição para passar por uma cirurgia, presenciou o fato. Com a chegada dos militares, uma pediatra de plantão examinou o bebê e afirmou que, aparentemente, não havia nenhuma lesão visível no garoto.

No entanto, como testemunhas viram as agressões, Ferro foi encaminhado à delegacia do município para prestar esclarecimentos. Mãe e filho seguem internados e passam bem. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave