Jantar real sela aproximação entre Irlanda e Reino Unido

Encontro contou com a presença do ex-IRA Martin McGuinnes

iG Minas Gerais |

Histórico. 
Jantar real oferecido ao presidente irlandês marca as boas relações entre os países
Dan Kitwood
Histórico. Jantar real oferecido ao presidente irlandês marca as boas relações entre os países

Londres, Reino Unido. O Reino Unido e a Irlanda superaram a hostilidade e a suspeita que se seguiu desde a sua separação, em 1922, e agora desfrutam de uma relação de respeito mútuo, amizade e cooperação, disse na terça-feira o presidente irlandês, Michael D. Higgins, aos parlamentares britânicos.

Higgins falou aos membros de ambas as câmaras do parlamento britânico no primeiro dia de sua visita oficial ao Reino Unido, a primeira de um chefe de Estado irlandês, que retribuiu a ida à Irlanda da Rainha Elizabeth II em 2011, a primeira de um monarca britânico à ilha em um século. Não é a primeira vez que um presidente irlandês foi ao Reino Unido.

O próprio Higgins fez viagens anteriores ao país desde que assumiu o cargo em 2011, mas a visita desta semana é realizada no mais alto nível de formalidade e é extremamente simbólica.

A viagem culminou em um jantar. No menu da “paz” oferecido foi filé de alabote com alho-poró e molhos de ervas de entrada, tendo como prato principal filé de carne com cogumelos selvagens, purê de agrião, brócolis e cebola assada. De sobremesa, sorvete. Tudo acompanhado com uma seleção de vinhos.

Príncipe George. O príncipe britânico George, de 8 meses, participou ontem de seu primeiro compromisso público oficial, na Nova Zelândia, ao brincar com dez bebês da sua idade. George, que acompanha os pais, o príncipe William e a duquesa Kate, em uma viagem a Nova Zelândia e Austrália, foi convidado a participar na residência do governador geral da Nova Zelândia, representante da rainha britânica Elizabeth II, de uma sessão de jogos

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave