Em 2013, estádio ficou no vermelho

iG Minas Gerais | Lucas Pavanelli |

Durante o primeiro ano de operações após uma reforma geral que durou dois anos e meio, o Mineirão recebeu 33 partidas. Dentre elas a final da Taça Libertadores, a entrega do troféu do Campeonato Brasileiro e uma semifinal de Copa das Confederações com a presença da seleção brasileira.  

Fazendo jus a sua nova função multiuso, o estádio recebeu ainda shows de artistas internacionais como Paul McCartney, Elton John, Beyoncé e Black Sabbath. Entre jogos e shows, mais de 1,2 milhão de pessoas passaram pelo Gigante da Pampulha.

Mesmo com tantas atrações, que colocaram o estádio em evidência nacional e internacional no ano passado, a Minas Arena informa que registrou prejuízos em todos os 12 meses do ano passado.

Conforme contrato com o governo mineiro, o ano inteiro no vermelho obrigou o Estado a fazer o repasse dos R$ 44,4 milhões à empresa. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave