Fla perde no Maracanã e é eliminado da Libertadores

No outro jogo da chave, o Bolívar venceu o Emelec, na Bolívia, e terminou a primeira fase como o primeiro do grupo

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

O bom público presente no Maracanã na noite desta quarta-feira não foi o suficiente para garantir a classificação do Flamengo na Copa Libertadores. O time carioca se despediu da competição ainda na fase de grupos ao ser derrotado por 3 a 2 pelo León, do México, repetindo o desempenho de 2012.

O time rubro-negro foi bastante aguerrido durante todo o jogo, mas os mexicanos atuaram bem, mesmo com a pressão de jogar fora de casa, e conquistaram a segunda vaga do Grupo 7 para as oitavas de final. O Bolívar venceu o Emelec, na Bolívia, e terminou a primeira fase como o primeiro da chave.

Só a vitória servia para o Flamengo, por isso o time se lançou ao ataque em jogadas de velocidade com Everton e Paulinho, e chegou a levar perigo aos mexicanos em um bom chute de Alecsandro de longe. No entanto, o León, mais contido, procurava trabalhar a bola, e acabou abrindo o placar em uma falta cobrada na área rubro-negra, desviada por Arizala para o gol.

O dono da casa, assim como sua torcida, não se abalou e continuou pressionando o adversário. E conseguiu igualar o resultado aos 29, em uma cabeçada de André Santos. Mas, apenas um minuto depois, o León tomou a frente do placar novamente em cabeçada de Boselli. A partida continuou dinâmica e aos 34, Everton deu uma arrancada na ponta esquerda, cruzou para área e Alecsandro desviou para empatar novamente.

A partida seguiu intensa no segundo tempo. Necessitando de mais um gol, o Flamengo pressionava bastante o León que, por sua vez, era muito perigoso nos contra-ataques, e sem a bola tentava segurar o ímpeto dos donos da casa.

Com a proximidade do fim da partida, o time brasileiro foi para o desespero, se desorganizou em campo e, aos 38, em um contragolpe, o León pegou a defesa do Flamengo completamente aberta. Após uma troca de passes, a bola sobrou para Penha, que mandou para as redes.

Abatido depois do gol, o Flamengo continuou tentando atacar, mas com os jogadores exaustos não conseguiu ultrapassar a defesa visitante e acabou se despedindo de forma precoce da Libertadores.

FICHA TÉCNICA:

FLAMENGO 2 x 3 LEÓN GOLS - Arizala, aos 21, André Santos, aos 29, Boselli, aos 30, e Alecsandro, aos 34 do primeiro tempo. Penha, aos 38 minutos do segundo tempo. CARTÕES AMARELOS - González, Montes, Boselli e Rafa Marquez; André Santos, Negueba e Amaral. ÁRBITRO - Diego Abal (ARG). RENDA - R$ 3.091.047,50. PÚBLICO - 53.230 pagantes (60.451 no total). LOCAL - Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ).

FLAMENGO - Felipe; Leonardo Moura, Wallace, Samir e André Santos (Negueba); Amaral, Muralha, Elano (Gabriel) e Everton; Paulinho (Nixon) e Alecsandro. Técnico: Jayme de Almeida.

LEÓN - Yarbrough; Magallón, Rafael Márquez, González e Edwin Hernandez; Vasquez, Peña (Rocha), Hernández (Pineda) e Montes; Arizala (Delgado) e Boselli. Técnico: Gustavo Matosas.

Leia tudo sobre: flamengoperdeleonmaracana