Empresário morre após queda de avião monomotor em SP

Clayton Finger, de 66 anos, um dos donos da rede de lojas Gold Finger Joalheiros, morreu no fim da manhã desta quarta-feira (9)

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

O empresário Clayton Finger, de 66 anos, um dos donos da rede de lojas Gold Finger Joalheiros, morreu no fim da manhã desta quarta-feira (9), após o avião monomotor que pilotava cair minutos depois da decolagem do aeroporto da cidade de Americana, a cerca de 130 km da capital paulista.

Segundo o cabo Paulo Izepon, do Corpo de Bombeiros, que atendeu a ocorrência, o monomotor decolou por volta das 11h15 e logo em seguida apresentou problemas, ainda não identificados pela perícia. A queda ocorreu em uma área do governo do Estado a cerca de um quilômetro da pista do aeroporto. O empresário estava sozinho.

O cabo Izepon informou que testemunhas acionaram o Corpo de Bombeiros, que enviou uma equipe de sete pessoas ao local. "Quando chegamos, ainda tentamos fazer massagem cardíaca até a chegada do médico do (helicóptero) Águia, da Polícia Militar, mas não adiantou", informou o cabo à Agência Estado.

Uma das hipóteses levantadas até agora pelo Bombeiros é a de que a porta do monomotor teria aberto logo após a decolagem, o que desestabilizou o avião e provocou a queda, mas a causa do acidente ainda será investigada.  

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave