Prefeito não vai decretar feriado durante jogos da Copa, diz CDL

A informação foi divulgada pela Câmara dos Lojistas de Belo Horizonte (CDL) e atende a um pedido da categoria, segundo a CDL; porém a Prefeitura de Belo Horizonte (PBH) ainda não confirmou a informação

iG Minas Gerais | Natália Oliveira |

O prefeito Marcio Lacerda não vai decretar feriado em Belo Horizonte durante os dias de jogos do Brasil e os realizados no Mineirão, segundo a Câmara dos Lojistas de Belo Horizonte (CDL). A informação foi divulgada nesta quarta-feira (9) pela assessoria de imprensa da CDL. A reportagem de O TEMPO questionou a prefeitura sobre a informação, porém ainda não houve retorno.

De acordo com a assessoria de imprensa da CDL, a decisão foi tomada atendendo um pedido dos lojistas em reunião com o executivo. Por meio de nota, o presidente da câmara Bruno Falci afirma que a decisão foi uma vitória para o segmento.

“Há mais de seis anos o varejo espera a realização da Copa do Mundo de 2014, o maior evento esportivo mundial. Um dia de comércio fechado representa um prejuízo de R$ 76,01 milhões em vendas”, argumentou.

Durante a realização do evento, entre os dias 12 de junho e 13 de julho, a capital mineira vai receber cerca de 600 mil turistas, sendo em torno de 430.560 brasileiros e 196.768 estrangeiros. “O comerciante que tanto se preparou e investiu para esta oportunidade agora pode respirar aliviado e preparar-se para o aquecimento das vendas”, completou Falci, ainda por meio de nota.

  

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave