Banco de sangue de cordão umbilical e placentário será o 1° em Minas

Unidade irá estocar células-tronco para auxiliar no tratamento de pacientes portadores de diversas doenças, inclusive hereditárias e tumores

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

BBC
undefined

Será inaugurado nesta quinta-feira (10) o primeiro Bando de Sangue de Cordão Umbilical e Placentário (BSCUP) público do do Estado e a 13ª unidade do país. O objetivo é constituir um acervo do material e disponibilizar unidades de células progenitoras hematopoiéticas, popularmente conhecidas como células-tronco, para beneficiar ajudar no tratamento de pacientes portadores de doenças hematológicas, onco-hematológicas, imunodeficiências, doenças genéticas hereditárias, tumores sólidos e doenças autoimunes.

Os processos de captação e triagem clínica do potencial doador do BSCUP e a coleta do sangue de cordão umbilical e placentário serão realizados em maternidades parceiras.

O Banco está instalado na sede do Centro de Tecidos Biológicos de Minas Gerais (Cetebio), em Lagoa Santa, na região metropolitana de Belo Horizonte e faz parte da Rede BrasilCord, gerenciado pela Fundação do Câncer, com recursos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Ele funcionará sob a coordenação do Instituto Nacional do Câncer (Inca) do Ministério da Saúde.

Além do BSCUP, o Cetebio contará ainda com o Banco de Medula Óssea, Banco de Pele, Banco de Sangues Raros, Banco de Tecidos Musculoesqueléticos, Banco de Membrana Amniótica e Banco de Tecidos Cardiovasculares.

Agência Minas. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave