Utilidade pública será cancelada

iG Minas Gerais |

Não foi somente o anúncio do novo espaço que vai abrigar o centro administrativo da capital que aliviou os moradores da região da Lagoinha. Eles, que nos últimos meses protestaram contra a construção do complexo na área, terão um novo alento hoje: a Prefeitura de Belo Horizonte vai cancelar o título de utilidade pública concedido no ano passado pelo prefeito Marcio Lacerda (PSB), que permitiu a desapropriação de 20 imóveis na Lagoinha.

Os terrenos alvos estão localizados nas ruas Bonfim e Além Paraíba, próximos à avenida Pedro II. Estava previsto investimentos da ordem de R$ 300 milhões para o empreendimento.

Ontem, moradores da região que participaram das manifestações contrárias à obra na Lagoinha comemoraram o anúncio feito pelo prefeito. Nos últimos meses, eles ficaram parcialmente tranquilos, após ouvirem de Lacerda, em encontro realizado na sede da prefeitura, que ele havia desistido de construir o empreendimento na região. Na época, o prefeito chegou a anunciar a intenção de usar um terreno próximo ao Boulevard Shopping. (IL)

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave