A voz Celeste

iG Minas Gerais |

Para o jogo de hoje, a primeira coisa é fazer o dever de casa: vencer com uma vantagem de três ou mais gols, assim, esquecemos o confronto entre Defensor e LaU. Não tenho dúvida da capacidade do elenco celeste. A situação da semana passada foi bem pior, e a superação, com o bom futebol apresentado no Chile, nos deu vida nova. Mexeram com o gigante que estava adormecido. Agora, segura a fúria azul. No Mineirão, com a nação celeste do nosso lado, ficamos muito fortes. Tenho certeza da classificação e, depois, vamos pensar no jogo de domingo. Ontem, estive na Toca da Raposa II e, novamente, presenciei o bom ambiente. Para ser campeão, não necessita só de um bom futebol. As coisas que acontecem além dos nossos olhos, às vezes, são mais fortes. Por isso, estou acompanhando e vendo que o grupo está focado e pensando só nos jogos decisivos. Eu não acredito, eu tenho certeza da classificação.

Avacoelhada

América e Uberabinha jogam pela terceira rodada do Mineiro Sub-20, às 15h, no estádio Argeu Afonso da Costa, em Coronel Pacheco. O Coelhãozinho está com quatro pontos na competição. Venceu o primeiro jogo e empatou o segundo. Marcou seis gols e sofreu um. No empate por 1 a 1 com o Villa Nova, no Castor Cifuentes, Milagres escalou Glauco, Marcelo (Danylo), Messias, Kevim e Bombeta; Paulinho, Renato Bruno, Renatinho e Xavier; Patrick e Bruno Sávio. Patrick marcou o gol americano e Sávio foi expulso injustamente. Lucas Silva e Rubens, integrantes da equipe profissional, também são sub-20. O aproveitamento deles no time júnior poderá ser mais produtivo porque provavelmente terão oportunidades de serem escalados entre os titulares e disputarem mais partidas. A troca de categorias faz parte do processo de transição e aprimoramento.

A voz da Massa

Saudações alvinegras! De todos os times do Brasil – do menorzinho ao mais proeminente –, eu duvido que haja um só que não deseje ter no elenco um jogador como Anelka. Falo assim porque ouvi muita conversinha na imprensa regional e nacional de jornalistas, comentaristas e torcedores recalcados tentando desdenhar a contratação do atacante francês pelo CAMpeão da América. Pura inveja! O Galo fez uma ótima contratação! Anelka é um matador e sabe fazer gols como poucos atacantes no mundo. E, se olharmos só pelo ponto de vista de marketing da nossa marca, que já é gigantesca no mundo todo, essa contratação foi uma grande jogada. E dentro de campo também será. Portanto, você aí, que fala mal e tenta desvalorizar, se prepare: o Galo ainda jogará contra o seu time neste ano com Anelka, R10, Tardelli e cia. Aí, finalmente, veremos quem ri melhor. Dá-lhe Galo! 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave