Manifestação impede entrada em Universidade Federal em Minas

Protesto dos técnicos-administrativos em educação da Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM) foi pacífica na manhã desta terça-feira (18)

iG Minas Gerais | CAMILA KIFER |

Professores e estudantes aderiram ao protesto dos técnicos-administrativos em educação da Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM)
DIVULGAÇÃO / SINDIFES
Professores e estudantes aderiram ao protesto dos técnicos-administrativos em educação da Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM)

Técnicos-administrativos em educação da Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM), que estão em greve desde o dia 15 de março deste ano, interditaram a entrada da instituição na manhã desta terça (8) em manifestação. Não há informações de quantas pessoas participaram do protesto O movimento aderiu ao chamado Nacional, que tem como objetivo fazer pressão no governo federal.

Entre as reivindicações dos manifestantes está o aumento do piso, aprimoramento de carreira, jornada de trabalho de 30 horas e construção (ou reconstrução) das creches nas universidades para os filhos dos funcionários.

A manifestação desta terça foi pacífica e a parte dos estudante, professores e demais trabalhadores apoiaram o movimento. Os grevistas também pretendem, com a ação desta terça-feira, forçar o reitor da Universidade, professor Pedro Ângelo, a negociar com a categoria.

O reitor da universidade concordou em se encontrar com representantes dos manifestantes. Porém, eles não aceitaram porque a principio o encontro seria realizado no escritório do professor na casa dele.

"Podemos ir a quaisquer uns dos campi, porém não podemos negociar na casa do Reitor", declara a coordenadora do Sindicato dos Trabalhadores das Instituições Federais de Ensino (Sindifes), Cristina del Papa.

Em contato com a universidade, ninguém foi encontrado para falar sobre o assunto com a reportagem de O TEMPO. 

Uma assembléia para discutir os rumos da greve está programada para a manhã desta quarta-feira (9) às 9h30 na escadaria da reitoria.  

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave