Nico Rosberg lidera testes e mantém domínio da Mercedes na F1

Piloto alemão cravou melhor tempo nos testes desta terça-feira no circuito de Sakhir, mesma pista na qual foi segundo colocado, no domingo

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Para Rosberg, a confiança conquistada na estreia não deve afetar o trabalho contínuo na fábrica
Reprodução/Facebook
Para Rosberg, a confiança conquistada na estreia não deve afetar o trabalho contínuo na fábrica

A Mercedes estendeu seu atual domínio no Mundial de Fórmula 1 aos testes da temporada. Nesta terça-feira, o alemão Nico Rosberg não deu chances aos rivais e cravou o melhor tempo do dia no Circuito de Sakhir apenas dois dias depois de chegar em segundo lugar no GP do Bahrein, na mesma pista - largou na pole position no domingo.  Rosberg fechou o primeiro dia de testes durante a temporada da F1 com o tempo de 1min35s697, à frente do compatriota Nico Hülkenberg. O piloto da Force India anotou 1min36s064. Rosberg, contudo, acumulou maior quilometragem antes de cravar o melhor tempo: 121 voltas, contra 69 do rival. Líder do campeonato, o alemão da Mercedes aproveitou a atividade para testar novos acertos no melhor carro da F1 deste ano até agora. E para conhecer melhor os pneus apresentados pela Pirelli para a temporada. Também se dedicou à avaliação dos freios. Terceiro mais rápido (1min36s626), Fernando Alonso também tentou novas configurações em sua Ferrari. O espanhol fez ainda testes na aerodinâmica do carro italiano e alternou trechos longos e mais curtos.  O dinamarquês Kevin Magnussen foi o quarto colocado, com 1min36s634. O piloto da McLaren, que não foi tão bem na corrida de domingo, exibiu grande quilometragem, só superada por Rosberg. Ele completou 102 voltas. O quinto melhor do dia foi o finlandês Valtteri Bottas, companheiro de Felipe Massa na Williams. Sem empolgar a equipe, marcou 1min37s305 e ficou quase dois segundos atrás de Rosberg.  Na quarta, Bottas dará lugar ao brasileiro Felipe Nasr, reserva da equipe britânica. Nasr vai trabalhar junto com a Pirelli porque será o dia do ano em que a Williams se comprometerá a dar total atenção ao desenvolvimento dos pneus da fornecedora italiana. Pelo acordo selado no fim do ano passado, todas as 11 equipes da F1 terão que reservar um dia dos testes da temporada para o trabalho com a Pirelli. Nesta terça, foi a vez da Caterham, com o jovem piloto holandês Robin Frijns. Na quarta, a Mercedes também se dedicará à fornecedora de pneus, assim como a Williams. O Bahrein está recebendo a primeira bateria de testes durante a temporada 2014. Haverá também atividades na Espanha (13 e 14 de maio), Inglaterra (8 e 9 de julho) e Abu Dabi (sem data definida). O teste desta terça-feira contou ainda com os pilotos Max Chilton (Marussia), Daniel Ricciardo (Red Bull), Sergey Sirotkin (Sauber), Pastor Maldonado (Lotus) e Daniil Kvyat (Toro Rosso).

Leia tudo sobre: mercedesnico rosbergtreinomelhor tempo