Justiça manda soltar homens que estavam em helicóptero de Perrella

Rogério Almeida , Alexandre José de Oliveira Junior, Everaldo Lopes Souza e Robson Ferreira Dia foram beneficiados pela decisão do juiz da 1ª Vara Federal Criminal do ES

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

MPF denuncia cinco pessoas por tráfico em helicóptero de Perrella
Polícia Militar/Divulgação
MPF denuncia cinco pessoas por tráfico em helicóptero de Perrella

Quatro acusados pelo transporte de mais de 445 quilos de pasta-base de cocaína no helicóptero da empresa do deputado estadual Gustavo Perrella (PDT-MG) foram soltos pela Justiça do Espírito Santo nesta segunda-feira (7). 

Os réus Rogério Almeida Antunes, Alexandre José de Oliveira Junior, Everaldo Lopes Souza e Robson Ferreira Dia foram beneficiados pela decisão do juiz da 1ª Vara Federal Criminal, Marcus Vinicius Costa, e devem responder pela acusação em liberdade. O jurista considerou que é um "excesso de prazo para formação da culpa, motivo pelo qual revogo a decisão que decretou a prisão preventiva".

Até as 14h deste terça-feira (8), os réus continuavam presos no Centro de Detenção Provisória Viana 2. Eles estão presos desde novembro. 

Relembre

A aeronave foi apreendida com 445 kg de pasta base de cocaína entorpecente na zona rural de Afonso Cláudio (ES) em novembro deste ano.

A Polícia Militar da cidade investigava o local, que apresentava movimentação suspeita há 15 dias, e flagrou a aterrissagem. Além disso, também foram encontrados R$ 16 mil em dinheiro na aeronave. Piloto, co-piloto e dois homens que receberiam a droga foram presos.

O total de 445 kg de pasta base de cocaína, que equivale a até R$ 10 milhões, segundo cálculo da Polícia Federal, possui entre 92% e 96% de pureza. A droga estava em formato de tabletes, dentro de caixas, que encheram quatro picapes Hilux da polícia.  

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave