Mano celebra contratação e pede Elias 'protagonista'

Essa será a terceira vez que Mano Menezes e Elias trabalharão juntos, sendo a primeira no próprio Corinthians

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Depois de uma longa novela, o Corinthians finalmente anunciou a contratação do volante Elias na última segunda-feira. Com um elenco carente de reforços e desanimado após a eliminação precoce no Campeonato Paulista, o técnico Mano Menezes celebrou a chegada do jogador tanto pelo lado técnico quanto pela liderança que vai representar em campo.

"Estou muito contente com a contratação do Elias. Significa qualificação dentro da filosofia que falamos no clube. Tínhamos de buscar alguns jogadores com essas características, de poder ajudar com liderança e posicionamento vencedor no campo", declarou o treinador nesta terça.

Será a terceira vez que Mano Menezes e Elias trabalharão juntos, sendo a primeira no próprio Corinthians, entre 2008 e 2010. Depois ainda se encontraram no Flamengo, no ano passado, sem contar algumas partidas pela seleção brasileira nas quais o treinador convocou o atleta. Portanto, Mano sabe o que esperar de Elias e garantiu que o jogador chegará para ser protagonista.

"Costumo contar com bons jogadores e o Elias é aquele que dá resultados no campo. É a terceira oportunidade com ele, duas no Corinthians, uma no Flamengo, além da seleção, onde chegou porque rendeu bem nos clubes. Hoje ele está mais maduro, mais profissional, e por tudo que passou na Europa, mais preparado para vivenciar o momento no qual ele precisa ser protagonista. É uma chegada extremamente positiva", disse o técnico.

Elias chega ao Corinthians depois de ser cobiçado pelo próprio Flamengo, onde se destacou em 2013. Inicialmente, a negociação entre o clube paulista e o Sporting, detentor dos direitos do atleta, não andou, devido às exigências do time português, mas enfim acabou sendo finalizada na última segunda, após o fim da janela para transferências. Por isso, o volante só poderá reestrear após o dia 14 de julho, quando a janela será reaberta.

"Todo jogador deste nível, o ideal seria utilizar já amanhã. Mas a situação só permite utilizá-lo em julho. Entendo que vale muito a pena a chegada, não o teremos em nove rodadas do Brasileiro, mas serão 30 (na verdade, 29) para nos ajudar. Depois, ainda tem contrato por mais três anos. Só tenho coisa positiva para falar sobre a negociação", comentou Mano Menezes.

Até pelo longo período que terá para treinar Elias, Mano preferiu não adiantar se pretende escalá-lo como segundo volante ou meia. "O Elias só vai jogar em julho, então temos que nos adaptar com os jogadores que estão disponíveis agora. Vamos ver como o time encaixa e só depois vamos ver onde utilizá-lo".

Leia tudo sobre: mano menezescorinthiansacertovolanteelias