Oposição tenta instalar CPI da Petrobras através do Supremo

"Esse ato é, sobretudo, em defesa do Parlamento e suas prerrogativas", afirmou o senador e pré-candidato do PSDB à Presidência, Aécio Neves

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Um grupo de parlamentares de oposição protocolou nesta terça-feira (8), a instalação da CPI da Petrobras. De acordo com os congressistas, a ação, na qual há um pedido de liminar, tem o objetivo de assegurar o direito da minoria de investigar as suspeitas de irregularidades na estatal.

"Esse ato é, sobretudo, em defesa do Parlamento e suas prerrogativas", afirmou o senador e pré-candidato do PSDB à Presidência, Aécio Neves. "Todos os requisitos (para instalação da CPI) foram cumpridos: número de assinaturas e fato determinado", disse.

"Se prevalecer a posição do presidente Renan (Calheiros) estaremos abdicando para sempre do direito das minorias de investigar qualquer denúncia grave em relação a atos do governo", acrescentou.  

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave