Corpos carbonizados podem ser de jovens desaparecidos em Machado

Os dois desapareceram no último sábado e o carro de um deles foi encontrado com as portas abertas e manchas de sangue; na segunda dois corpos carbonizados foram encontrados enterrados próximo a um lago e a polícia tem quase certeza que sejam deles

iG Minas Gerais | JULIANA BAETA |

Os corpos dos dois jovens que sumiram misteriosamente em Machado, no Sul de Minas, no último sábado (5), podem ter sido encontrados na noite dessa segunda-feira (8). O Corpo de Bombeiros, que localizou os corpos, parcialmente carbonizados e enterrados perto de um lago, já os identificou como sendo dos adolescentes desaparecidos. A Polícia Civil informou que é praticamente certo que os corpos sejam mesmo deles, resta apenas o exame de DNA para a confirmação.

Segundo o delegado Juliano Silva, que está a frente das investigações, ainda nessa segunda por volta de 13h, um pé carbonizado foi encontrado na zona rural da cidade. Desconfiados que o membro pertenceria a Cleisson Sérgio Morais, 18, ou Matheus Giovani Scalco Guiraldelli, 18, os policiais acionaram os bombeiros para as buscas. Por volta de 18h10, dois corpos foram encontrados, um deles, sem os pés. Os dois estavam parcialmente carbonizados e com indícios de execução. Eles estavam enterrados perto de uma lagoa, na comunidade Tijuco Preto, zona rural de Machado.

O carro de Cleisson, um Gol prata, onde estavam os dois, foi encontrado abandonado no bairro Santo Antônio sem a chave na ignição, com as portas abertas e o que parecia ser manchas de sangue, segundo o delegado. No sábado, os dois, que moram na zona rural de Machado, foram ao centro da cidade, na casa de um amigo, onde acontecia uma festa. Eles estavam acompanhados de três amigas e saíram de lá por volta de 2h30, segundo o dono da casa. De acordo com as jovens, eles as deixaram em casa e, desde então, não foram mais vistos.

A informação é que os dois tenham ido a festa para beber cerveja e depois saíram de lá para comprar maconha. Ainda segundo o delegado, a suspeita é que os jovens tenham sido levados para o lago, já que o carro deles estava longe de onde os corpos foram encontrados. Na manhã desta terça-feira (8), as três jovens que estavam com eles são ouvidas na delegacia e, durante a tarde, o dono da festa em que Cleisson e Matheus foram vistos pela última vez também será ouvido. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave