Felipão tem '95% de lista feita', mas admite surpresas

Treinador revelou ainda que tem informado diretamente os jogadores que estarão ou não na convocação para a Copa

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Apesar de plantel praticamente fechado para a Copa, Felipão ainda está de olho em algumas opções
Rafael Ribeiro/CBF
Apesar de plantel praticamente fechado para a Copa, Felipão ainda está de olho em algumas opções

Faltando um mês para revelar a lista dos 23 jogadores para a Copa do Mundo, o técnico da seleção brasileira, Luiz Felipe Scolari, aproveitou a oportunidade na conferência "Falar de Futebol", realizada nessa segunda-feira, em Lisboa, para revelar que pode repetir o que fez em 2002 e convocar de última hora uma novidade para o Mundial. Na ocasião, o escolhido foi Ricardinho, que na época defendia o Corinthians e herdou a vaga de Emerson, lesionado em um treino às vésperas da estreia brasileira na competição.

"Eu tenho 95% da lista feita, isso posso dizer, mas no futebol nunca se sabe o que pode acontecer como lesões ou detalhes. Tenho de observar se posso acrescentar algum jogador diferente daqueles que têm estado comigo. É bom frisar que a escolha tem de partir do técnico, não pode partir de dirigentes ou torcida", afirmou.

Felipão também falou sobre a sua viagem pela Europa e revelou que tem informado diretamente os jogadores que estarão ou não na convocação para a Copa, que será anunciada no próximo dia 7 de maio. Na última semana, o treinador reuniu-se com Oscar, David Luiz, Ramirez e Willian, do Chelsea, e Paulinho, do Tottenham, para garantir aos atletas que possam se dedicar em seus clubes sem medo de ficar fora do torneio.

Nesta semana, ele estará em Munique e repetirá o encontro com os brasileiros que jogam na Alemanha, no caso o Bayern de Munique, que nesta quarta receberá o Manchester United, na Alemanha, no jogo de volta das quartas de final da Liga dos Campeões da Europa.

O treinador aproveitou também a sua passagem por Portugal para defender o principal jogador do Brasil na atualidade: Neymar. O comandante rebateu as críticas ao jogador feitas pela imprensa espanhola, que, segundo ele, estaria pensando em desestabilizar o jogador.

"Quem não viu ou quem não quer ver que Neymar é craque é a imprensa espanhola, pois se chegar em baixa no Brasil é bom para eles. Sabemos que o Neymar é um craque, é espetacular", disse Felipão à imprensa portuguesa presente em sua palestra, realizada ao lado dos técnicos de Portugal, Paulo Bento, da Grécia, Fernando Santos, e do Irã, Carlos Queiroz.

Leia tudo sobre: felipaoadmitesurpresascopa do mundoconvocaçao