Massa promete uma grande festa para chegada de Anelka

Com chegada do avante, crescem os rumores de uma possível saída de Jô no meio do ano

iG Minas Gerais | Thiago Prata |

Força. Torcida do Atlético é conhecida por dar grandes recepções aos atletas de peso que chegam ao clube alvinegro
FOTO: JOAO GODINHO / OTEMPO 5.2.
Força. Torcida do Atlético é conhecida por dar grandes recepções aos atletas de peso que chegam ao clube alvinegro

O primeiro clássico da final do Mineiro terminou empatado, o que força o Atlético a vencer o jogo de volta contra o Cruzeiro, no domingo, no Mineirão. Antes, na quinta-feira, o time enfrenta o Zamora-VEN, precisando, no mínimo, de um empate para cravar o primeiro lugar do grupo 4 da Libertadores, pois já está garantido nas oitavas de final. Dois capítulos importantes para o Galo no ano, mas que, neste início de semana, vêm sendo ofuscados por um francês.

Assim que Anelka desembarcar em Confins – em dia e horário ainda a serem confirmados pela diretoria atleticana –, é certeza de um ‘frisson’ na Massa. Por outro lado, com a vinda dele, aumentam os rumores de que outro centroavante do elenco, Jô, deixe a equipe após a disputa da Copa do Mundo.

Pelas redes sociais, torcedores prometem lotar o aeroporto e armar uma festa sem precedentes ao centroavante europeu, cujo nome está incluído, desde ontem, na relação de jogadores do Atlético no site do clube. O nome dele aparece ao lado do de Neto Berola. Só não há ainda uma foto do reforço com o uniforme do Galo, já que ainda não foi apresentado.

O anúncio da contratação de Anelka foi feito, na madrugada de domingo, através do Twitter do presidente do Atlético, Alexandre Kalil. O blog Entrelistras, de O TEMPO, já havia dado a informação dois dias antes do anúncio.

Em termos financeiros, trata-se de uma grande jogada do Atlético, que irá lucrar bastante com a venda de camisas do ex-atleta da seleção francesa. Com relação ao time, fica difícil dizer que ele será apenas reserva, devido ao alto salário que irá receber. Se for titular, o técnico Paulo Autuori terá que alterar o esquema tático da equipe, colocando dois centroavantes de ofício no ataque. Pelo menos, até o meio do ano.

Especulações dão conta que a vinda de Anelka funcionaria como uma forma de suprir à altura uma possível saída de Jô. Recentemente, o camisa 7 recebeu muitas sondagens, como do Porto-POR, mas nada de concreto apareceu.

Desde 2012 no Galo, Jô se tornou um dos heróis da equipe nas conquistas do Mineiro e da Copa Libertadores de 2013, e se tornou um dos xodós da Massa. O ótimo desempenho foram determinantes para retornar à seleção brasileira.

Campeão da Copa das Confederações do último ano, Jô está bem perto de concretizar um sonho. Daqui a um mês, em 7 de maio, deve ser incluído na lista de convocados da seleção brasileira para o Mundial. (Com Gabriel Pazini)

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave