Imóveis em condomínios de luxo serão fiscalizados em Minas Gerais

Operação de auditores da Receita Federal começa hoje

iG Minas Gerais | da redação |

Grifo 1. A exemplo do ano passado, um helicóptero da Receita vai captar as imagens de condomínios
ALEX DE JESUS/O TEMPO
Grifo 1. A exemplo do ano passado, um helicóptero da Receita vai captar as imagens de condomínios

A Operação Grifo 2, que verificará a regularidade fiscal dos proprietários de imóveis em condomínios e loteamentos no interior de Minas Gerais, começa hoje.

A iniciativa, da Superintendência da Receita Federal em Minas Gerais, dá continuidade à ação realizada em abril de 2013, que resultou no incremento de mais de R$ 158 milhões na arrecadação de contribuição previdenciária no setor – um aumento de 18% em comparação ao mesmo período do ano anterior.

Um helicóptero da Divisão de Operações Aéreas da Receita Federal sobrevoará as regiões Central, Triângulo Mineiro e Sul do Estado até o próximo dia 16, para coletar imagens de condomínios – principalmente os de luxo. Depois, as fotos serão comparadas com dados obtidos por meio das prefeituras municipais e cartórios de registro imobiliário, e com fotos de satélite já registradas pela operação.

Cerca de 2.000 contribuintes com fortes indícios de não regularização das obras de construção civil – como omissão de rendimentos – deverão ser notificados e sujeitos à fiscalização pela Receita Federal.

Regularização. Os contribuintes proprietários de obras que desejam regularizar a situação com a Receita Federal devem acessar o site da instituição para agendar o atendimento em alguma unidade física.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave