Receita começa a pagar restituição em 16 de junho

No total, serão sete lotes até dezembro; último pagamento é dia 15

iG Minas Gerais |

Brasília. Uma boa notícia para o contribuinte. A Receita Federal vai começar a pagar as restituições do Imposto de Renda 2014 no dia 16 de junho. Até dezembro vão ser pagos sete lotes. O calendário de pagamento foi publicado no “Diário Oficial da União” de ontem.

As pessoas com mais de 65 anos e contribuintes que têm alguma moléstia grave ou deficiência física têm prioridade para receber a restituição do imposto. Na sequência, deverão ser liberadas as restituições de acordo com a ordem de envio da declaração à Receita Federal.

Em qualquer uma das situações é necessário que o contribuinte tenha nenhuma pendência ou irregularidade na declaração do Imposto de Renda. Se houver alguma irregularidade, ele pode cair na malha fina.

A expectativa da Receita Federal é receber este ano 27 milhões de declarações de Imposto de Renda. Até o último balanço, divulgado ontem, às 17h, apenas 7,3 milhões de contribuintes haviam enviado a declaração à Receita.

Lotes. A entrega começou no dia 6 de março e vai até o dia até 30 de abril. Portanto, o contribuinte tem somente mais 23 dias para organizar a documentação e enviar o Imposto de Renda. Quem perder o prazo está sujeito a uma multa mínima no valor de R$ 165,74.

O primeiro lote será pago no próximo dia 16 de junho. As demais datas são as seguintes: segundo lote, dia 15 de julho de 2014; terceiro lote, dia 15 de agosto de 2014, quarto lote, dia 15 de setembro e quinto lote, dia 15 de outubro. Já os últimos lotes – o sexto e o sétimo – - serão pagos, respectivamente, nos dias 17 de novembro e 15 de dezembro.

Novidade. A declaração deve ser apresentada pela internet, por meio da utilização do Programa Gerador de Declaração que está disponível no site da Receita Federal (www.receita.fazenda.gov.br).

A grande novidade deste ano é que o Imposto de Renda pode ser enviado por dispositivos móveis como smartphones e tablets. É preciso baixar o aplicativo pelo m- IRPF.

Hora. É bom ficar atento e enviar a declaração o quanto antes. No último dia, há sempre expectativa de lentidão do sistema. A declaração pode ser enviada até as 23h59m59s do dia 30.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave