Empresário é morto com tiro no peito em Paraopeba

Conforme a Polícia Militar, nada foi levado do posto de combustíveis; ninguém foi preso

iG Minas Gerais | Gustavo Lameira |

O proprietário de um posto de combustíveis foi morto com um tiro no peito no fim da tarde desta segunda-feira (7), em Paraopeba, na região Central de Minas.

De acordo o relato de funcionários à Polícia Militar (PM), dois homens encapuzados chegaram até o estabelecimento no bairro Nossa Senhora do Carmo, em uma pick-up Strada vinho, por volta das 17h30. João Modesto Claver, de 66 anos, se preparava para deixar o local, quando um dos suspeitos desceu do carro e fez o disparo, fugindo em seguida. Nada foi roubado.

A vítima chegou a ser socorrida por testemunhas, mas já chegou sem vida ao hospital. O posto conta com circuito de câmeras, porém não flagrou a ação dos bandidos.

Ainda conforme a PM, João era morador de Sete Lagoas, cidade a 30 km de distância e na mesma região, mas sempre estava em Paraopeba por conta dos negócios.

Ninguém foi preso.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave