Aldo: 'Não precisamos de autorização da Fifa para obras'

Ministro esteve nesta tarde em Fortaleza para visitar as obras do Centro Olímpico do Nordeste

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Rebelo destacou que há responsabilidades federais, estaduais, municipais e privadas na concepção da Copa
Elza Fiuza/Agência Brasil
Rebelo destacou que há responsabilidades federais, estaduais, municipais e privadas na concepção da Copa

O ministro do Esporte, Aldo Rebelo, afirmou nesta segunda-feira que não precisa de autorização da Fifa para realizar obras para a Copa do Mundo no Brasil. "O Brasil não precisa de autorização da Fifa para nada. Vamos ter uma capacidade de recepção aeroportuária compatível com a Copa e pronto", disse Rebelo, ao ser questionado sobre se a Fifa aceitará as estruturas provisórias que estão sendo montadas nos aeroportos para receber os torcedores.

Em Fortaleza, onde participará de reunião operacional de preparação para o Mundial, o ministro confirmou que espera que o Itaquerão esteja pronto até final de maio para abrir a Copa do Mundo. "Vai dar tempo. Infelizmente acidentes acontecem, mas tudo vai dar certo", declarou.

Aldo Rebelo aposta que a Copa e os Jogos Olímpicos do Rio, em 2016, "serão momentos de festa não só para o Brasil, mas para toda humanidade". Foi desta perspectiva que ele enumerou todas ações que estão sendo tomadas pelo Governo Federal para sediar os dois maiores eventos esportivos do Mundo.

Nesta terça-feira, o ministro preside a última reunião preparativa de Fortaleza para receber jogos da Copa. "Será uma reunião de ajuste com os entes federais, estaduais e municipais para que possamos trabalhar em conjunto na operação da Copa. E para que possamos chamar a todos envolvidos pelo nome", salientou.

Aldo Rebelo esteve nesta tarde em Fortaleza para visitar as obras do Centro Olímpico do Nordeste e lançar a ampliação do programa Segundo Tempo e do Programa Esporte e Lazer da Cidade.

Leia tudo sobre: futebol internacionalCopa do Mundoaldo rebeloobras