Quadrilha que contratava adolescente para vender droga é presa em BH

Laboratório de suspeitos que atuavam nos bairros São Gabriel e São Paulo foi fechado durante Operação da Paz BH na manhã desta segunda-feira (7)

iG Minas Gerais | BÁRBARA FERREIRA |

Uma quadrilha, que administrava o tráfico de drogas nos bairros São Gabriel e São Paulo, na região Nordeste de Belo Horizonte, e contratava adolescentes para comercializar o produto, foi presa e apresentada pela Polícia Civil nesta segunda-feira (7). De acordo com o delegado Regional Leste do 1º Departamento de Polícia Civil, as investigações foram iniciadas há um mês, após denúncia anônima indicando o laboratório de refinaria do grupo.

Além da denúncia, a apuração contou com a suspeita da Polícia Militar (PM) de que jovens vendiam drogas próximo ao batalhão da PM. As investigações levaram a Operação Paz BH realizada na manhã desta segunda, no laboratório de refinaria que funcionava na casa de Gilson Heber dos Santos, conhecido como Shrek. No local, foram encontrados cinco quilos de maconha, 300 quilos de cocaína, 300 pedras de crack e material para preparo e embalo da droga.

No momento da abordagem Santos não estava na casa, apenas a tia do suspeito trabalhava no local fazendo serviço de limpeza. Porém, após rastreamento ele foi detido com os outros suspeito.

A Polícia Civil ainda cumpriu mandado de prisão contra Douglas Barbosa Araújo, sua mãe Maria Auxiliadora Barbosa e sua irmã Tamara Barbosa Araújo. A mãe de Douglas foi detida por esconder armas para o filho e a irmã é acusada de esconder drogas pra ele.

Adriano Almeida Lemos também foi detido por suspeita de trabalhar em conjunto com Douglas e Gilson no comando do tráfico na região. Na casa de Lemos foram encontradas duas balanças de precisão, material para embalar a droga e uma porção de entorpecente. 

As investigações apontaram que Douglas e Adriano não vendiam a droga. Gilson e adolescente contratados por eles eram quem trabalhava no comércio do entorpecente. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave