Petrobras tem recordes de produção no pré-sal e nas refinarias

Média diária de processamento de 2,15 milhões de barris em março foi atingida; marca anterior havia sido 2,14 milhões de barris por dia, obtido em julho

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Regap pára cinco dias e trabalhadores querem mudar plano de cargos e salários
LUCAS LACAZ RUIZ/AGÊNCIA ESTADO
Regap pára cinco dias e trabalhadores querem mudar plano de cargos e salários

A Petrobras quebrou dois recordes em março deste ano: a produção de petróleo na camada pré-sal e o refino de óleo em suas unidades. Segundo nota divulgada pela estatal, no mês passado foi produzida uma média de 387 mil barris de óleo por dia na camada pré-sal, devido à entrada em produção de mais um poço no Campo de Sapinhoá, na Bacia de Santos.

O Poço 7-SPH-04-SPS tem capacidade diária de extrair 26 mil barris e está conectado à Plataforma FPSO Cidade de São Paulo, que, por sua vez, tem capacidade diária de produzir 120 mil barris de petróleo. Também contribuiu para isso o Poço SPS-77A, ligado à mesma plataforma, que entrou em produção em meados de fevereiro e hoje tem a maior produção do país (36 mil barris/dia).

Nas refinarias, a Petrobras conseguiu uma média diária de processamento de 2,15 milhões de barris em março. O recorde anterior havia sido 2,14 milhões de barris por dia, obtido em julho do ano passado.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave