Após passar em branco, Willian confia no ataque contra o Garcilaso

Atacante do Cruzeiro destacou frustração por ataque celeste não marcar gols no clássico, mas confia na força ofensiva contra peruanos

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

DENILTON DIAS/O TEMPO
undefined
A igualdade no placar entre Atlético e Cruzeiro neste domingo, no Independência, favorece o time celeste. Mas o atacante Willian demonstrou uma necessidade de melhor desempenho ofensivo para quarta-feira. Se não conseguiu marcar gols, na visão do centroavante, a Raposa terá fome e capacidade de balançar as redes do Real Garcilaso-PER. "(A Libertadores) É outra competição agora para nós, onde a gente tem que provocar o gol, buscar o gol e ir atrás da classificação. Pela qualidade da equipe, pelo poder ofensivo, termos condições de fazer um bom jogo e buscar a classificação", disse o bigode grosso da Raposa. Para o Independência, o que importou para o time celeste foi não sofrer gols em um jogo truncado, de forte marcação e muitos erros de passe. Willian saiu frustrado por não ter tido chances de gol (errou um lance com um chute na rede lateral), mas comemorou a invencibilidade de Fábio e Cia. no setor de retaguarda. "Pouca chance de gols, tivemos duas chances claras e a bola não entrou. O bom é que não tomamos o gol e esse empate nos favorece no próximo jogo."

Leia tudo sobre: cruzeirowillianreal garcilasolibertadoresataque