Volante Henrique admite pouca técnica no clássico: 'Não foi bonito'

Atlético e Cruzeiro fizeram jogo de bastante marcação e torcedores ficaram reféns do gol; 0 a 0 no Independência

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

O primeiro clássico entre Atlético e Cruzeiro válido pelas finais do Campeonato Mineiro 2014 frustou os torcedores das duas equipes, uma vez que o placar inalterado do dérbi foi o resultado de um jogo fraco tecnicamente. Muito pegado na marcação, Raposa e Galo tiveram poucas chances de gol. Para Henrique, volante celeste, a batalha foi maior que o espetáculo. "Claro que não foi um espetáculo bonito que todos queriam ver, mas teve entrega de ambas as equipes", afirmou o volante, responsável também pelo setor destrutivo da Raposa. Cruzeiro e Atlético fizeram o dérbi após importantes compromissos na Libertadores, com viagens desgastantes para Santiago e Independiente Santa Fe-COL. As equipes fizeram apenas um treinamento preparatório para este jogo. Henrique ainda comentou a forte pegada das duas equipes, que se preocupavam mais em evitar o ataque adversário do que tentar jogadas mais trabalhadas ofensivamente. "Buscamos fazer o nosso melhor, buscamos o gol, infelizmente hoje não entrou. Muita marcação, muito combate, muita briga na bola no meio de campo", completou o marcador.

Leia tudo sobre: henriquecruzeiroatleticoclassicocampeonato mineirofinal