Bairros ficam sem água após rompimento de adutora

Moradores reclamaram que a funcionários da Copasa criaram o problema e demoraram resolvê-lo

iG Minas Gerais | Evandro Teles |

Moradores da região do Vila das Flores dizem que ficaram mais de 24 horas sem água
João Lêus
Moradores da região do Vila das Flores dizem que ficaram mais de 24 horas sem água

O trabalho de ligação de uma rede de esgoto a uma residência, iniciado às 12h de anteontem, no bairro Vila das Flores, em Betim, na região metropolitana de Belo Horizonte, trouxe um transtorno inesperado para moradores de vários bairros da cidade.

Segundo o morador Dorimar de Souza, funcionários da Copasa atingiram uma adutora provocando um grande vazamento de água.

“Em vez de resolverem o problema, os operários simplesmente cortaram a água e foram embora. Ficamos sem água para banho, para fazer comida. Além disso, os coletivos que passam na avenida Dois, onde aconteceu o problema, tiveram que passar por uma outra via, mais estreita, e dois veículos ficaram presos”.

Já o morador José Ivanir confirmou que, além do Vila das Flores, o corte de água prejudicou outros quatro bairros. “Água é indispensável. Eles não deveriam ter demorado tanto para resolver o problema”, completou Ivanir.

Segundo a assessoria da Copasa, o problema foi provocado por uma empreiteira que estava a serviço da estatal. A equipe não tinha equipamentos para resolver o problema, que foi solucionado por volta das 12h de ontem. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave