Federer vence, Suíça vira e avança à semifinal na Davis

Suíça derrotou o Casaquistão por 3 a 2 em Genebra, Federer e Wawrinka venceram seus compromissos e deram a virada ao país europeu

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Federer venceu Andrey Golubev, 64.º do mundo, por 3 sets a 0
FRESHFOCUS/COPADAVIS/DIVULGAÇÃO
Federer venceu Andrey Golubev, 64.º do mundo, por 3 sets a 0

A Suíça garantiu vaga nas semifinais da Copa Davis neste domingo ao derrotar de virada o Casaquistão por 3 a 2 no confronto melhor de cinco, que estava sendo disputado em Genebra. Os donos da casa iniciaram o dia perdendo por 2 a 1, mas contaram com os triunfos de Stanislas Wawrinka e Roger Federer para voltar à semifinal do torneio depois de 11 anos. Pressionado, Wawrinka, número 3 do mundo, entrou em quadra para pegar Mikhail Kukushkin, 56.º do ranking. Depois de muito trabalho no início e de perder o primeiro set, o suíço arrancou e venceu de virada por 3 sets a 1, com parciais de 6/7 (4/7), 6/4, 6/4 e 6/4. A vitória fez com que a decisão ficasse nas mãos de Roger Federer. E o número 4 do ranking não decepcionou. Com certa facilidade, o suíço derrotou Andrey Golubev, 64.º do mundo, por 3 sets a 0, com parciais de 7/6 (7/0), 6/2 e 6/3, levando ao delírio a torcida da casa. Agora, os suíços se preparam para receber em setembro a Itália, que eliminou a Grã-Bretanha neste final de semana. A última vez que a Suíça havia chegado a uma semifinal de Davis foi em 2003, quando caiu diante da Austrália de Lleyton Hewitt. A única vez que o país avançou à final foi em 1992, quando perdeu para os Estados Unidos de Andre Agassi, Pete Sampras, Jim Courier e John McEnroe.

Leia tudo sobre: tenisroger federercopa davissuicacasaquistao