Itália e França avançam às semifinais da Copa Davis

Equipe italiana quebrou um jejum de 16 anos e superou a Grã-Bretanha; franceses viraram para cima dos alemães, após duas derrotas

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Equipe francesa comemora classificação contra a Alemanha
Paul Zimmer/DIVULGAÇÃO
Equipe francesa comemora classificação contra a Alemanha

A Itália garantiu neste domingo o fim de um jejum de 16 anos sem disputar as semifinais do Grupo Mundial da Copa Davis. Em Nápoles, Andreas Seppi e Fabio Fognini venceram os jogos de simples do dia e viraram a série contra a Grã-Bretanha para 3 a 2, garantindo a classificação da sua equipe.  O ponto decisivo da Itália foi conquistado por Andreas Seppi. Em uma partida que chegou a ser interrompida por causa da chuva, o número 34 do mundo derrotou o britânico James Ward, 161ª colocado no ranking da ATP, por 3 sets a 0, com parciais de 6/4, 6/3 e 6/4.  A classificação, porém, só foi possível graças ao triunfo anterior, no primeiro duelo do domingo. Fabio Fognini, o número 13 do mundo, se impôs diante do britânico Andy Murray, o oitavo colocado no ranking, e o bateu também por 3 a 0, com parciais de 6/3, 6/3 e 6/4. Assim, a Itália se classificou às semifinais da Copa Davis e agora terá pela frente o vencedor do confronto entre Suíça e Casaquistão. A disputa da vaga na decisão do torneio está marcada para o período entre 12 e 14 de setembro.  Já a França precisou de uma virada espetacular para se garantir nas semifinais da Copa Davis. Após perder os dois jogos de simples da sexta-feira para a Alemanha, os franceses iniciaram a reação com a vitória no duelo de duplas do sábado e a concluíram neste domingo, fechando o duelo com a Alemanha em 3 a 2.  No primeiro jogo do dia, Jo-Wilfried Tsonga, número 12 do mundo, empatou a série ao derrotar Tobias Kamke, 96º colocado no ranking, por 3 sets a 0, com parciais de 6/3, 6/2 e 6/4. Em seguida, Gael Monfils, número 25 do mundo, garantiu a classificação às semifinais ao bater Peter Gojowczyk por 3 sets a 0, com parciais de 6/1, 7/6 (7/0) e 6/2.  Agora, a França terá pela frente a República Checa. Com o confronto já definido no sábado, os checos fecharam a série contra o Japão, realizada em Tóquio, em 5 a 0. Neste domingo, em jogos de caráter meramente amistoso, Jiri Vesely venceu Taro Daniel por 2 sets a 0, com um duplo 6/4, e Lukas Rosol superou Yasutaka Uchiyama por 2 a 1, com parciais de 6/3, 3/6 e 6/4.

Leia tudo sobre: davisitaliafranca