Dutra Silva vence e Brasil vai à repescagem da Davis

Brasileiros fecharam confronto com o Equador em 3 a 1, no Zonal Americano, e carimbaram vaga em nova fase do torneio

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

O Brasil conquistou neste domingo uma vaga na repescagem do Grupo Mundial da Copa Davis ao fechar o confronto melhor de cinco diante do Equador, em Guayaquil, pelo Zonal Americano, por 3 a 1. O ponto derradeiro da equipe brasileira foi marcado por Rogério Dutra Silva, o Rogerinho, que derrotou o equatoriano Emilio Gómez por 3 sets a 1, com parciais de 6/4, 6/7 (10/12), 6/1 e 6/1.

Número 157 do ranking, Rogerinho levou um susto no segundo set, quando Gómez, apenas o 252.º do mundo, complicou o jogo e faturou a parcial após um longo tie-break. Pouco depois, no entanto, o equatoriano precisou receber atendimento médico e, a partir daí, o brasileiro deslanchou.

Se Rogerinho perdesse, a equipe brasileira ficaria em situação bastante complicada. Guilherme Clezar, o outro tenista de simples do Brasil em Guayaquil, sofreu lesão muscular na coxa direita durante o jogo de sexta-feira e não teria condições de entrar em quadra neste domingo. Por isso, a equipe teria de escalar um duplista, Bruno Soares ou Marcelo Melo, para encarar o equatoriano Julio Cesar Campozano na última partida do confronto.

A vitória, no entanto, fez o Brasil passar pelo Zonal Americano. A equipe agora se prepara para voltar à quadra em setembro, quando enfrentará algum dos países eliminados na primeira rodada do Grupo Mundial pela repescagem. Se vencer, o time brasileiro voltará à elite do tênis no ano que vem.  

Leia tudo sobre: copa davisbrasilzonal americanoequador