Guiné inspeciona passageiros para conter ebola

Qualquer indivíduo com temperatura superior a 38º C será submetido a teste para a doença, que já matou 86 pessoas na África Ocidental desde fevereiro deste ano

iG Minas Gerais | Da Redação |

Autoridades de saúde na Guiné informaram, neste domingo, que todos os passageiros deixando do país pelo aeroporto de Conakry devem preencher um formulário de saúde e ter a temperatura medida, como parte dos esforços para combater a disseminação do ebola, uma doença infecciosa que provoca febre hemorrágica.

De acordo com Sakoba Keita, diretor de prevenção do Ministério da Saúde, qualquer indivíduo com temperatura superior a 38º C será submetido a teste para a doença, que já matou 86 pessoas na África Ocidental desde fevereiro deste ano. Esse é o primeiro surto do ebola na região em duas décadas. O ministro da Saúde da França, Marisol Touraine, disse que médicos franceses do Instituto Pasteur estão à disposição para ajudar nos procedimentos de embarque no aeroporto de Conakry. Duas mortes por Ebola já foram confirmadas na Libéria e supostos casos foram registrados no Mali. Agência Estado

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave