Vasco e Flamengo abrem a disputa do título carioca

Por ter conquistado a Taça Guanabara, rubro-negro tem a vantagem por jogar por dois resultados iguais

iG Minas Gerais | Agência Estado |

No clássico contra o Fla, Vasco saiu prejudicado pelo gol mal anulado
Marcelo Sadio/vasco.com.br
No clássico contra o Fla, Vasco saiu prejudicado pelo gol mal anulado

O título do Campeonato Carioca começa a ser decidido neste domingo, com o clássico entre Vasco e Flamengo, a partir das 16 horas, no Maracanã. A luta entre os rivais é para sair em vantagem no confronto, para poder ser o campeão no próximo domingo, quando acontece o segundo jogo da final, no mesmo local. Por ter feito a melhor campanha na fase de classificação do campeonato - o que lhe rendeu o título da Taça Guanabara -, o Flamengo tem a vantagem de jogar por dois empates na final. Mas, no momento, o Vasco parece estar mais concentrado na competição estadual, já que o rival divide as atenções com a Libertadores. Na última quarta-feira, o Flamengo jogou pela sua sobrevivência na Libertadores e conseguiu uma vitória suada sobre o Emelec no Equador, o que lhe manteve com chances de classificação. Mas o time volta a campo pela competição continental novamente na quarta, dessa vez contra o Léon, precisando ganhar mais uma vez. Diante desse cenário, o técnico Jayme de Almeida admite até poupar alguns jogadores na final deste domingo. "Foi uma viagem cansativa e temos uma sequência de jogos, então temos que preservar. O primeiro jogo ainda não decide nada, vamos avaliar" explicou ele, que já conta com alguns desfalques importantes. Titulares do time, o atacante Hernane, o meia Elano e os laterais Leonardo Moura e André Santos estão todos com problemas físicos, já descartados para o clássico deste domingo. Assim, Jayme de Almeida pode optar por uma equipe mais precavida, com a escalação de três volantes: Luiz Antônio, Amaral, Márcio Araújo. O Vasco, por sua vez, optou por poupar seus titulares no jogo de quinta-feira, quando foi até Manaus para enfrentar o Resende, na recém-inaugurada Arena Amazônia, pela Copa do Brasil. O foco vascaíno é todo no Campeonato Carioca, para voltar a ganhar o título estadual, o que não acontece desde 2003. "Sabemos que o jogo vai ser difícil, mas temos tudo para reverter essa vantagem no primeiro jogo", afirmou o meia Douglas que tem sido um dos destaques vascaínos na temporada. Pensando assim, o técnico Adilson Batista deve manter o time com três atacantes: Reginaldo, Everton Costa e Edmílson.O título do Campeonato Carioca começa a ser decidido neste domingo, com o clássico entre Vasco e Flamengo, a partir das 16 horas, no Maracanã. A luta entre os rivais é para sair em vantagem no confronto, para poder ser o campeão no próximo domingo, quando acontece o segundo jogo da final, no mesmo local. Por ter feito a melhor campanha na fase de classificação do campeonato - o que lhe rendeu o título da Taça Guanabara -, o Flamengo tem a vantagem de jogar por dois empates na final. Mas, no momento, o Vasco parece estar mais concentrado na competição estadual, já que o rival divide as atenções com a Libertadores. Na última quarta-feira, o Flamengo jogou pela sua sobrevivência na Libertadores e conseguiu uma vitória suada sobre o Emelec no Equador, o que lhe manteve com chances de classificação. Mas o time volta a campo pela competição continental novamente na quarta, dessa vez contra o Léon, precisando ganhar mais uma vez. Diante desse cenário, o técnico Jayme de Almeida admite até poupar alguns jogadores na final deste domingo. "Foi uma viagem cansativa e temos uma sequência de jogos, então temos que preservar. O primeiro jogo ainda não decide nada, vamos avaliar" explicou ele, que já conta com alguns desfalques importantes. Titulares do time, o atacante Hernane, o meia Elano e os laterais Leonardo Moura e André Santos estão todos com problemas físicos, já descartados para o clássico deste domingo. Assim, Jayme de Almeida pode optar por uma equipe mais precavida, com a escalação de três volantes: Luiz Antônio, Amaral, Márcio Araújo. O Vasco, por sua vez, optou por poupar seus titulares no jogo de quinta-feira, quando foi até Manaus para enfrentar o Resende, na recém-inaugurada Arena Amazônia, pela Copa do Brasil. O foco vascaíno é todo no Campeonato Carioca, para voltar a ganhar o título estadual, o que não acontece desde 2003. "Sabemos que o jogo vai ser difícil, mas temos tudo para reverter essa vantagem no primeiro jogo", afirmou o meia Douglas que tem sido um dos destaques vascaínos na temporada. Pensando assim, o técnico Adilson Batista deve manter o time com três atacantes: Reginaldo, Everton Costa e Edmílson.