Suspeito de estupro dorme e vítima consegue acionar PM

Mulher que teve um telefone celular inserido em suas partes intimas, durante o crime, está internada em observação; suspeito foi preso em flagrante, encaminhado para a Delegacia Regional de Ituiutaba, onde a ocorrência foi encerrada, e em seguida foi levado para o presídio da cidade

iG Minas Gerais | CAMILA KIFER |

Uma mulher de 36 anos conseguiu acionar a Polícia Militar (PM) depois de ser estuprada e o criminoso dormir. A vítima que teve um telefone celular inserido em suas partes intimas, durante o crime, que aconteceu durante a madrugada de sábado (5), está internada em observação.

Em depoimento, a vítima relatou que estava com seu namorado em um bar, no centro do distrito de Rio do Peixe, e quando deixou o local sozinha teria sido abordada pelo suspeito armado. O homem teria exigido que ela entrasse em uma casa abandonada com ele.

No local, o Luismar da Silva Barcelos, de 25 anos, que exerce serviços gerais em fazendas da região, rasgou a roupa da vítima e abusou dela. O suspeito ainda teria submetido a vítima a situações mais constrangedoras, relata o sargento Olgarito Gonçalves Vieira Júnior da 257 Ciaª do 54° Batalhão da Polícia Militar. “O homem ainda teria inserido um telefone móvel nas cavidades vaginal e anal da vítima” declarou.

Inicialmente, a vítima foi encaminhada para a Unidade de Ponto-atendimento Municipal. Em seguida a mulher foi transferida para o Hospital Universidade Federal de Uberlândia, onde permanece em observação. A jovem realiza tratamento infectológico.

Segundo o Pronto-atendimento do município do Prata, a paciente foi transferida porque a cidade não term um ginecologista de plantão. 

Autor foi preso em flagrante, encaminhado para a Delegacia Regional de Ituiutaba, onde a ocorrência foi encerrada, e em seguida foi levado para o presídio da cidade.    

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave