Expansão fica para o segundo semestre

iG Minas Gerais |

Prometida no lançamento das linhas executivas, em setembro de 2012, a expansão do serviço ainda está paralisada e só deve ser retomada no segundo semestre deste ano, segundo a Empresa de Transportes e Trânsito de Belo Horizonte (BHTrans). Na época, o plano era criar sete linhas, duas das quais turísticas, que atenderiam as regiões Centro-Sul e Pampulha. Os trajetos Belvedere/Hospitais, Sion/Hospitais e Estação Calafate/Hospitais via hipercentro também não saíram do papel.

“Não temos uma perspectiva em termos de data de implantação, até porque hoje o foco absoluto é no BRT. Mas essas linhas não estão sendo relegadas, só postergadas”, justificou Adilson Daros, gerente da BHTrans.

“Na capital há público para o serviço executivo, mas é preciso haver mais linhas”, avaliou Alícia Fernandino, professora de arquitetura e urbanismo do UniBH. O analista de sistemas Rouver Monteiro, 28, é um exemplo de quem aprovou a troca do carro pelo ônibus executivo. “Trabalho na região hospitalar, onde é impossível estacionar. O conforto do executivo é grande, e ainda pago menos que os R$ 350 mensais de estacionamento”, conta. (LM)

Projeção

Público. A BHTrans avalia positivamente o serviço de transporte executivo e projeta crescimento de 6,5% no número de usuários das duas linhas atuais até o fim do ano.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave