Academia investe em programa ‘kids’

iG Minas Gerais |

Academia  investe em atividades mais tradicionais, como o balé
MARIELA GUIMARAES / O TEMPO
Academia investe em atividades mais tradicionais, como o balé

As academias são uma forma que os pais encontram para ocupar o tempo dos filhos com atividades saudáveis. Essa iniciativa levou ao aumento do número de crianças que procuram esses estabelecimentos, segundo a coordenadora do setor kids da academia Bodytech em Belo Horizonte, Ticiana Iyomaffa. “Sabemos que a obesidade infantil cresce a cada ano, e os pais estão preocupados em fazer com que saúde das crianças esteja bem. De certa forma, quando eles já estão mais crescidos, se preocupam também com o corpo”, afirma a professora de educação física.

Para atender a essa necessidade crescente, Ticiana conta que a academia criou um programa kids, que atende meninos e meninas dos 3 aos 11 anos.

“Hoje temos aproximadamente 200 crianças matriculadas, a maioria entre 3 e 7 anos. O programa kids conta com atividades tradicionais como balé, judô, natação, circo, habilidades motoras e ainda o inglês divertido. As aulas duram em média 45 minutos e só a partir dos 12 anos temos o programa teen que envolve a musculação adaptada”, conta.

Para Ticiana, o fisiculturismo infantil não tem espaço no país. “Não sei o que levou a essa ‘febre’ no exterior. Pode ser que tenha casos isolados (no Brasil), mas não percebo como uma moda”. (LM)

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave