Traficante procura ex-companheira, troca tiros com PM e acaba morto

Comparsa do suspeito que estava com ele na ação também foi morto; dupla chegou a ser socorrida para a Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) do bairro Justinópolis, mas, chegou ao local sem vida

iG Minas Gerais | CAMILA KIFER |

Jovem vai até a casa da ex-companheira, não encontra a jovem, troca tiros com a Polícia Militar (PM), é baleado e acaba morto junto a um comparsa. O crime aconteceu na noite desta sexta-feira (4), em Ribeirão das Neves, na região metropolitana de Belo Horizonte.

Igor Fernandes da Silva, de 19 anos, foi até a casa da ex-companheira que mora na rua Cinquenta e três, no bairro Florença, algumas vezes esta semana. Na noite desta sexta, o suspeito tentou invadir a casa da jovem, porém, o irmão da menina acionou a polícia. 

De acordo com o tenente Amilcar de Santos Rosse do Tático Móvel da 204ª do 40º Batalhão  da PM, no local, militares perceberam que Silva e seu comparsa estavam armados. Assim que perceberam a presença da PM, os suspeitos atiraram contra a guarnição. Os militares revidaram e atingiram a dupla.

Os dois foram levados para a Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) do bairro Justinópolis, mas, chegaram ao local sem vida. 

Em depoimento à polícia, a família da jovem declarou que ela estava querendo deixar a cidade junto com o filho de apenas um ano, fruto do relacionamento com Silva, mas que o suspeito não aceitava.

“A informação é de que a ex-companheira do suspeito apanhava dele e cansada das agressões decidiu ir embora. Porém, ele ficou sabendo e ficou atormentando a jovem e a família dela”, declarou o tenente.

A família ainda declarou que Silva comandava o tráfico de drogas na região e ameaçava a ex-companheira.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave