Cerveja não deve aumentar durante a Copa

Empresa lançou campanha semelhante a que adotou no verão

iG Minas Gerais | Ana Paula Pedrosa |

Ambev espera adesão de 500 mil postos de venda em todo o país
[CREDITO]TASSO MARCELO/estadão conteúdo- 8.10.2011
Ambev espera adesão de 500 mil postos de venda em todo o país

Enquanto o consumidor se espanta com preços de passagens aéreas e hotéis para o período da Copa do Mundo, pelo menos em um item a promessa é de preço justo: a cerveja. Ontem, a Ambev lançou a campanha “Copa sem Aumento”, que pretender ter a adesão de cerca de 500 mil pontos de vendas do país.

A iniciativa é semelhante à que a empresa adotou no verão, de dezembro até depois do Carnaval. Naquela campanha, Minas Gerais teve o maior número de adesões, com 80 mil pontos de venda. O diretor comercial da Ambev no Estado, Marcelo Abud, diz que em época de demanda alta, a tendência é de elevação dos preços e, por isso, a empresa lançou a campanha.

Com a concorrência acirrada e a vigilância do consumidor, o número de adesões deve ser maior que o do verão. Os pontos de venda participantes serão identificados por um selo.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave