Guilherme explica saída no segundo tempo e avalia placar na Colômbia

Jogador disse que mudança foi por questões médicas e comemorou boa atuação diante do Santa Fe

iG Minas Gerais | Fernando Almeida |

Guilherme comemora o gol marcado na partida diante do Santa Fe
Associated Press
Guilherme comemora o gol marcado na partida diante do Santa Fe

A nova formação com Guilherme e Ronaldinho mostrou resultado no duelo contra o Santa Fe na noite da última quinta-feira. Contudo, ela acabou sendo desfeita com a saída do camisa 17 no segundo tempo para a entrada de Neto Berola.

Segundo Guilherme, a substituição foi feito por ‘ordem médica’. Durante a etapa final, ele relatou desconforto muscular e acabou deixando a partida pouco depois do gol de empate colombiano.

“Eu fui até o máximo que eu podia. Já estava sentindo um pouco de cãimbra, campo pesado”, disse Guilherme, que ainda avaliou o resultado conquistado pelo Galo no estádio El Campín, em Bogotá.

“A formação foi boa. Sofremos uma pressão que é natural da competição e o resultado acho que foi bom”, completou.

Após conseguir a igualdade em solo colombiano e a classificação para as oitavas de final da Libertadores, o Atlético muda seu foco para a final do Campeonato Mineiro. O primeiro clássico contra o Cruzeiro será às 16h deste domingo, na Arena Independência.

Leia tudo sobre: GuilhermefutebolgolSanta Fesubstituiçãomeio-campoGaloAtlético