Após anexação pela Rússia, McDonald's encerra franquias na Crimeia

A ação, coincidentemente, acontece depois da anexação da região; segundo o site oficial da empresa, os motivos do fechamento das franquias são apenas por 'motivos de manutenção'

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Associated Press
undefined

A rede de fast-food americana McDonald's anunciou esta semana que irá fechar todas as suas dependências nas cidades Simferopol, Sevastopol e Yalta, na Crimeia. A ação, coincidentemente, acontece depois da anexação da região pela Rússia. Segundo o site oficial da empresa, os motivos do fechamento das franquias são apenas por 'motivos de manutenção'.

Apesar da declaração oficial de que os funcionários das três lojas estarias suspensos até a reabertura das mesmas, foi oferecido para todos a oportunidade de se transferirem para unidades na Ucrânia.

O comunicado ainda diz que "Nós entendemos e respeitos a decisão de todos os funcionários. Caso eles não queiram se mudar para outra cidade ucraniana, nós iremos seguir as leis do país e oferecer opções para findar o vínculo trabalhista com os mesmos".

A anexação da região pela Rússia aconteceu depois que um referendo entre a população da Crimeia foi realizado. Na votação, foi decidido, por mais de 90% dos votos, que os habitantes do local desejavam retornar a pertencer ao país.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave