Homem estupra mulher e, depois, é ferido ao fugir da polícia

Suspeito teria pulado a casa da vítima, com quem já teve um caso, e a ameaçado

iG Minas Gerais | Dayse Resende |

Policiais ouviram gritos de socorro
Moisés Silva
Policiais ouviram gritos de socorro

Um homem foi preso depois de estuprar uma mulher no bairro Vila Nova, em Betim, na região metropolitana de Belo Horizonte. O crime aconteceu na noite de anteontem. Durante a fuga, o suspeito foi baleado por policiais militares.

Segundo a corporação, durante patrulhamento de rotina na avenida Doutor José Mariano, foram ouvidos gritos de socorro.

Ao notar a chegada dos militares, o suspeito Eri Dias Benezides, de 26 anos, tentou fugir pulando muros de casas próximas. Ele foi seguido pelos policiais e, ao receber ordem de parada, levou a mão à cintura, simulando estar armado. Nesse momento, temendo o ataque do suspeito, a polícia atirou na perna dele. À polícia, a vítima teria relatado que, mais cedo, o homem, com quem ela já teria se envolvido anteriormente, havia ido à casa dela e dito que queria ficar com ela novamente.

“A vítima contou que se recusou e pediu que Benezides fosse embora. No entanto, mais tarde, ele retornou à casa dela, pulou a janela e, com um faca em punho, disse que, se ela não ficasse com ele, não iria ficar com mais ninguém”, contou um policial militar. Ameaçada, a vítima foi obrigada a ter relações sexuais com Benezides.

Internado

Depois de ser baleado na perna, Eri Dias Benezides foi socorrido e encaminhado ao Hospital Regional de Betim.

Ontem a assessoria de imprensa da unidade de saúde informou que ele passou por um procedimento cirúrgico e está internado em estado grave.

Caso apresente melhoras e receba alta, o suspeito será encaminhado para uma Delegacia da Polícia Civil no município.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave