Fiat renova Linea para dar novo ânimo às vendas

Sedã incorporou novos equipamentos e recebeu mudanças também no interior; preços estão mais competitivos

iG Minas Gerais | José Vítor Camilo |

Sedã da Fiat ganhou nova grade frontal e novo para-choque, ambos com filetes cromados
Fiat/Divulgação
Sedã da Fiat ganhou nova grade frontal e novo para-choque, ambos com filetes cromados

Cinco anos após o lançamento do Linea, o sedã da Fiat que não foi muito bem aceito pelo mercado, a montadora lança a linha 2015 com retoques visuais, apostando sabiamente em corrigir o erro cometido em 2008. Em contraposição à marca, que é líder absoluta de vendas no país, a primeira versão do carro não vendeu muito desde que foi lançada, ficando na 7ª colocação em um ranking de 15 modelos.

Quando foi lançado no Brasil, o objetivo da fabricante era concorrer com o Honda Civic e o Toyota Corolla. “Lançamos o carro acima do preço e pagamos por isso”, admitiu sem medo o diretor comercial da Fiat, Lélio Ramos, durante o lançamento do Linea reestilizado, em São Paulo (SP). Para consertar o erro, o novo modelo traz muitas mudanças e um preço muito mais acessível, passando a concorrer também com sedãs compactos, como Ford New Fiesta Sedã, o Honda City e o Chevrolet Sonic Sedan.

Em 2008 o modelo mais simples foi lançado por R$ 61 mil, tendo o preço reajustado para R$ 54 mil em uma tentativa que chegou a alavancar um pouco as vendas, alcançando a média de 14 mil unidades emplacadas por ano. Já o Linea 2015 sairá por R$ 55 mil no modelo mais simples, o Essence, enquanto o mais completo, Absolute, sairá por R$ 66 mil. “O slogan diz que o carro é um sedã de respeito, mas é um respeito acessível. Tanto que a versão mais completa concorre no preço com sedãs compactos”, finaliza o diretor. Com esse investimento no modelo, a montadora sinaliza que o Linea terá uma sobrevida de, no mínimo, dois anos pela frente.

Entre as novidades que o Fiat Linea 2015 traz como itens de série está a sinalização de frenagem de emergência (ESS). O sistema aciona automaticamente o pisca-alerta do carro quando ocorre uma frenagem brusca. O objetivo é alertar os demais motoristas do acontecimento de uma situação de emergência. O sistema atua automaticamente quando ocorre uma desaceleração maior que 7m/s², com o carro a uma velocidade igual ou maior que 50 km/h.

Os carros contam também com o dispositivo Lane Change. Agora, basta pressionar levemente a alavanca de seta na direção desejada e o sistema acionará as luzes de mudança de direção por cinco vezes, para indicar a intenção do motorista, sem a necessidade de retornar a alavanca para a posição inicial. Outra novidade é a regulagem elétrica de faróis, que deve ser utilizada quando houver muito peso no porta-malas e o farol baixo estiver ofuscando a visão dos demais motoristas.

Os faróis não mudaram no modelo 2015, mas as linhas cromadas dão um design refinado no novo para-choque dianteiro. A grade cromada implantada no lançamento da montadora também deixa o veículo com uma cara mais atraente. “Já no para-choque e tampa traseiros, apostamos na robustez. Ele ganhou mais volume e esportividade”, explica o diretor de design Cláudio Demaria.

Design

O Linea também ganhou novas rodas, aros 16” e 17”, que segundo a Fiat são o principal item na percepção visual dos clientes. “Foram elaboradas com inspiração nas turbinas”, afirma Demaria. Mas o que mais chama atenção no novo modelo é o interior, bem mais luxuoso. O modelo Essence traz o painel e acabamento das portas na cor preta, com aplique prata nas portas e maçanetas. Porém, como opcional o cliente pode optar pela textura na cor bege Golt, que deixa o Linea com um visual bem mais luxuoso.

Já o modelo mais completo, Absolute, chega com painel frontal e portas na cor bege Sand e aplique nas portas na cor cobre, trazendo um visual requintado. Os bancos no Essence estão com novos tecidos, enquanto a versão completa traz detalhes em couro com costuras bege e logomarca feita com microfuros.

Impressões

As mudanças realmente deixaram o Linea mais refinado. Tanto na escolha e na mistura de materiais quanto pelos detalhes que ajudam na sofisticação, como a luz que se projeta nas frestas do painel frontal ou os bancos parcialmente em couro com microperfurações. Além de um ambiente aconchegante, o Linea tem um bom isolamento acústico.

Em movimento, o sedã da Fiat mostra um comportamento dinâmico interessante. A adoção do câmbio automatizado de segunda geração da Fiat, o Dualogic Plus, gera reações mais homogêneas tanto nas acelerações quanto nas retomadas, mas ainda exige que o condutor alivie um pouco o acelerador quando a embreagem automática é acionada, para evitar trancos. Ao se explorar o modelo de forma mais esportiva, o Linea responde à altura, tanto na neutralidade em retas e curvas quanto na disposição para ganhar velocidade. Apesar de não ter sido muito bem tratado pelo mercado, o Linea sempre foi um sedã com qualidades, que agora ganhou um pouco mais de consistência.

Conteúdo

O Linea Essence traz de série, entre outros itens, ar-condicionado, direção hidráulica, vidros, travas e retrovisores elétricos e rádio CD Player com leitor MP3 e porta USB, além dos obrigatórios airbags frontais e freios ABS. O Absolute inclui bancos revestidos em couro, sistema Blue&Me, ar-condicionado digital e câmbio Dualogic. 

O jornalista viajou a convite da Fiat

Leia tudo sobre: FiatLineasedãlançamentolinha 2015