Schumacher tem 'momentos de consciência', diz agente

O piloto alemão, de 45 anos, sofreu o acidente quando esquiava na França em 29 de dezembro do ano passado

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Escuderia italiana destacou 72 fotos de Schummi, em referência aos 72 Grands Prix conquistados por ele com a Ferrari
Ferrari/Divulgação
Escuderia italiana destacou 72 fotos de Schummi, em referência aos 72 Grands Prix conquistados por ele com a Ferrari

O alemão Michael Schumacher está tendo "momentos de consciência em que abre os olhos" mais de três meses após sofrer um acidente enquanto esquiava e que lhe provocou graves lesões, revelou, nesta sexta-feira, a empresária do ex-piloto de Fórmula 1, Sabine Kehm.

Schumacher, de 45 anos, caiu quando esquiava na França em 29 de dezembro e bateu o lado direito da sua cabeça em uma queda, o que inclusive quebrou o capacete que ele utilizava. Os médicos o operaram para tirar coágulos do cérebro, mas alguns não puderam ser retirados porque estavam profundamente incorporados.

O estado de saúde de Schumacher se estabilizou depois que ele foi colocado em coma induzido. No final de janeiro, os médicos que o atenderam em um hospital de Grenoble, na França, iniciaram o processo de retirada de sedativos para acordá-lo.

"Michael está progredindo", disse, nesta sexta-feira, a empresário do ex-piloto em um comunicado. "Ele mostra momentos de consciência e abre os olhos", revelou Kehm. "Estamos ao seu lado durante esta luta longa e difícil, juntamente com a equipe do hospital de Grenoble, e seguimos mantendo a confiança", afirmou.

Além disso, Kehm acrescentou que a família de Schumacher não pretende dar maiores detalhes sobre a recuperação do ex-piloto. "Isso é necessário para proteger a privacidade de Michael e sua família e permitir que a equipe médica trabalhe em absoluta calma", disse.

Considerado um dos principais nomes da história do esporte, Schumacher é recordista de títulos - sete - e de vitórias - 91 - na Fórmula 1, tendo se aposentado das pistas em 2012. O acidente ocorreu quando a família do alemão se encontrava de férias nos Alpes Franceses e o ex-piloto estava acompanhado de seu filho de 14 anos.

Leia tudo sobre: schumachermomentosconscienciaformula 1acidente