Monte Carmo Shopping será inaugurado na quinta

Novo centro de compras vai abrir a partir das 14h; mall irá começar a funcionar com cerca de 30 lojas, mas aposta na localização para atrair o público e mais lojistas

iG Minas Gerais | José Augusto |

Diretor de operações espera atrair novos investidores com o funcionamento do shopping
João Lêus
Diretor de operações espera atrair novos investidores com o funcionamento do shopping

Após dois anos de construção, o Monte Carmo Shopping, empreendimento construído na avenida Marco Túlio Isaac, no Jardim da Cidade, será inaugurado na próxima quinta-feira (10). Cumprindo a data anunciada pelos empreendedores em agosto do ano passado, o novo centro de compras será aberto ao público a partir das 14h. Com uma Área Bruta Locável (ABL) de cerca de 31 mil metros quadrados, o shopping abrigará oito lojas-âncora, cinco megalojas e 135 satélites. Só que, nesse primeiro momento, apenas cerca de 30 lojas entrarão em funcionamento. O espaço ainda engloba uma praça de alimentação com 1.200 assentos, sete salas de cinema e um hipermercado. Esses dois últimos setores serão abertos posteriormente.

Na quarta-feira (7), o diretor de operações da Saphyr, Márcio Araújo, empresa responsável pela administração do shopping, recebeu a reportagem de O Tempo Betim para uma entrevista exclusiva. Na ocasião, Araújo falou sobre o empreendimento, o porquê do número reduzido de lojas na inauguração e as ações que serão desenvolvidas para atrair o público e novos lojistas.

Qual a expectativa para a inauguração? Nossa expectativa está muito boa, pois temos um shopping moderno, diferente e com grandes redes para propiciar satisfação, conforto e lazer às pessoas. Além disso, temos uma ótima localização, que privilegia o povo de Betim.

O shopping vai abrir com quantas lojas? Hoje, temos 54% da Área Bruta Locável (ABL) ocupada, o que equivale a cerca de 50 lojas. Dessas, mais ou menos 30 vão inaugurar no dia 10, pois dependemos ainda da execução das obras dessas operações. Nossa expectativa é que, em até 75 dias, estejamos com todas as lojas que já acertaram conosco funcionando.

Qual é a razão para o Monte Carmo estar inaugurando com esse pequeno número de lojas? A inauguração do concorrente refletiu um pouco na gente. Vários possíveis lojistas do Monte Carmo, que eventualmente foram para a concorrência, e desistiram de investir. Isso porque teriam que se comprometer com dois empreendimentos a curtíssimo prazo, enquanto ainda estão esperando o tempo de maturação do investimento que fizeram. Como acabaram de investir num projeto, leva algum tempo para fazerem o capital girar, o que é natural e vai acontecer conosco também. Ou seja, investir em dois empreendimentos a curto prazo demanda dinheiro. Então, de certa forma, esse cenário teve reflexos aqui, no Monte Carmo.

Como vocês pretendem aumentar o número de lojistas no shopping? Pois é, o nosso diferencial é a localização. Estamos em um local de fácil acesso, no centro de Betim, e apostamos muito nisso. É muito fácil as pessoas chegarem aqui, e há cerca de oito linhas de ônibus. Por isso, falamos que o shopping é de Betim e para o povo de Betim. Além disso, temos um equipamento muito moderno, um projeto arquitetônico diferente, que privilegia a beleza, feito com o que há de mais avançado na engenharia, com muita luz natural, detalhes, e um potencial de consumo muito grande. Então, vamos colocar o shopping para funcionar, e, a partir do momento em que esses diferenciais estiverem mais evidentes para a população de Betim, isso vai contribuir consideravelmente para fecharmos mais operações. Nisso, não venderemos apenas um sonho, um projeto, mas uma realidade e mostraremos a força do nosso empreendimento. Mesmo assim, grandes redes, como Marisa, Riachuello, C&A, Renner e Lojas Americanas já estão conosco. A expectativa é que cheguemos ao Natal com 80% da ABL acertada, pois já estamos negociando com outras grandes redes.

E quanto ao público, quais opções de entretenimento ele terá? Teremos um espaço de games no terceiro piso destinado à diversão. Teremos ainda o cinema 6D e o Labirinto do Medo. Além disso, vamos oferecer diversas ações de entretenimento para as pessoas, voltadas, principalmente, para a área cultural. Estamos fechando uma agenda de shows em que traremos um artista de renome nacional uma vez por mês a partir de maio. Na inauguração, teremos uma exposição da artista betinense Fatima Mirandda e uma feira do livro, com contação de histórias. Durante os três primeiros meses, vamos realizar diversas atividades culturais para atrair o público e criar o hábito de frequentar o espaço. Vamos desenvolver várias ações de marketing que chamem a atenção do público. E, em julho, a nossa expectativa é que o cinema seja inaugurado.

O shopping informou que teria o espaço lifestyle. O que seria isso e quando ele estará pronto? O lifestyle é um espaço em que bares e restaurantes ficam ao ar livre, a céu aberto. É um conceito diferente. Esse espaço está no plano de expansão do shopping, então, não ficará pronto na inauguração. Será um investimento feito posteriormente e que já está planejado e será inaugurado mais para frente. Nosso primeiro objetivo é colocar o shopping para funcionar e mostrar ao público de Betim e aos investidores que temos um grande produto para oferecer para eles.

O estacionamento será pago? Neste primeiro mês, não. Até o Dia das Mães, o estacionamento será gratuito. Após essa data, começaremos a cobrar pelo estacionamento, mas os valores ainda estão em estudo.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave