Tumblr denuncia postagens que apoiam o estupro em redes sociais

Página reúne capturas de tela que mostram mensagens agressivas e que apoiam a violência contra a mulher; ameaças estão sendo investigadas pela Polícia Federal

iG Minas Gerais | Da redação |

Tumblr reúne postagens ofensivas feitas por usuários que apoiam o estupro
Tumblr/Reprodução
Tumblr reúne postagens ofensivas feitas por usuários que apoiam o estupro

Apesar da grande repercussão da campanha "Eu não mereço ser estuprada", organizada pela jornalista Nana Queiroz após divulgação da pesquisa que mostrou que 58% dos brasileiros acreditam que “se as mulheres soubessem se comportar haveria menos estupros”, várias ameaças e mensagens de apologia ao estupro tomaram conta das redes sociais.

Em reação a este tipo de postagem foi criado o tumblr "Eu não mereço ser estuprada [DENUNCIA]", que reúne postagens agressivas e que apoiam a violência contra a mulher, feitas por "quem defende a cultura do estupro", como diz a descrição da página.

As mensagens ofensivas são salvas e compartilhadas com os outros usuários através das publicações no tumblr, que é mantido de forma colaborativa. 

Investigação

Nessa segunda-feira (31), a Polícia Federal de Brasília informou que já investiga alguns perfis que publicaram na página da campanha mensagens ameaçadoras e de apologia ao estupro. Houve casos mais extremos, onde alguns homens postaram a própria foto afirmando que já estupraram e irão cometer novamente o ato.

Leia tudo sobre: não mereço ser estupradatumblrdenuncia