Edílson vira desfalque para o Botafogo na Argentina

Após derrota em casa, clube enfrentará o San Lorenzo, fora de casa, na busca por uma vaga nas oitavas da competição

iG Minas Gerais | Agência Estado |

FERNANDO SOUTELLO/BOTAFOGO
undefined

A derrota inesperada para o Unión Española, quarta-feira, no Maracanã, colocou em risco a classificação do Botafogo às oitavas de final da Libertadores. A equipe agora terá que vencer o San Lorenzo, que ainda tem chances, para avançar sem depender de ninguém. Mas, além de o jogo ser na Argentina, o técnico Eduardo Hungaro precisará mexer na equipe, já que terá pelo menos dois desfalques certos para a partida. Punido com o terceiro cartão amarelo na quarta-feira, o volante Marcelo Mattos terá de cumprir suspensão automática na última rodada. Já nesta quinta o Botafogo recebeu a informação de que o lateral-direito Edílson pegou dois três jogos de gancho devido à expulsão no jogo com o Independiente del Valle (uma partida automática, outra pelo terceiro amarelo e agora uma por decisão do tribunal) e também ficará de fora. O Botafogo retomou os treinos visando o duelo com o San Lorenzo nesta quinta. Os reservas, mais Daniel, Renato e Ronny, que entraram na partida com o Unión Española, trabalharam no gramado anexo do Engenhão, enquanto que os titulares fizeram exercícios na academia.

Leia tudo sobre: EdilsonBotafogofutebolLibertadoresArgentinaSan Lorenzodesfalquelateral-direito