Emerson treina separado novamente no Corinthians

Após faltar ao treino da última segunda-feira, jogador complicou situação dele no clube paulista

iG Minas Gerais | Agência Estado |

Sheik brincou com os jornalistas e pediu
DANIEL AUGUSTO JR/AE
Sheik brincou com os jornalistas e pediu "um tempinho"

Pelo terceiro dia seguido, Emerson treinou separado do restante do elenco no CT do Parque Ecológico nesta quinta-feira. Enquanto os demais jogadores disputavam um coletivo, o atacante fazia exercícios físicos na academia. Fora dos planos de Mano Menezes, ele negocia a sua saída do Corinthians. O Botafogo é um dos clubes interessados no jogador. A situação de Emerson, que já era delicada, piorou na segunda-feira, quando ele faltou ao treinamento alegando problemas pessoais. Apesar de ter avisado com antecedência - por isso não foi multado -, a ausência não foi bem digerida por Mano. A partir do dia seguinte, quando se reapresentou no CT, o atacante não participou mais das atividades com os companheiros no gramado e passou a treinar separado, na academia. Emerson, 35 anos, tem um dos maiores salários do Corinthians. Recebe R$ 520 mil por mês. O objetivo da diretoria é encontrar um clube disposto a pagar integralmente o salário do atleta. A melhor proposta que recebeu até agora foi a do Botafogo, disposto a arcar com 50% dos vencimentos. O atacante tem contrato com o time paulista até o meio de 2015.  Enquanto não define o futuro de Emerson, Mano prepara a equipe para o jogo-treino de sábado contra a Ponte Preta. Nesta quinta-feira, ele escalou o time titular com: Cássio; Fagner, Cléber, Gil e Fábio Santos; Ralf, Guilherme, Renato Augusto e Jadson; Romarinho e Luciano.

Leia tudo sobre: Emerson SheikfutebolCorinthianstreinoforaatacantetimão