Alonso diz que carros da F1 estão muito lentos este ano

Apesar de terem o objetivo de evitar a supremacia de Vettel nas pistas, alterações nos veículos não agradaram o piloto espanhol

iG Minas Gerais | Agência Estado |

Alonso explicou que posição é comum e que deve ir melhorando ao longo da corrida
F1/DIVULGAÇÃO
Alonso explicou que posição é comum e que deve ir melhorando ao longo da corrida

O espanhol Fernando Alonso não está satisfeito com as mudanças feitas pela Fórmula 1 para a temporada 2014. Para evitar que a hegemonia de Sebastian Vettel fosse mantida, a categoria realizou algumas alterações em seu regulamento. O piloto da Red Bull de fato não reina mais absoluto no Mundial, mas, para Alonso, os carros acabaram ficando muito lentos. "Não é um problema de entusiasmo. É apenas que os carros estão muito lentos", declarou o piloto da Ferrari, que negou que este problema esteja acabando com a emoção da categoria. "Ainda é empolgante porque no fim do dia você está competindo com os outros", comentou. Para Alonso, a competição e a necessidade de ser o primeiro "está no DNA do piloto" e mantém a Fórmula 1 interessante mesmo com carros mais lentos. "Está no DNA do piloto. Se a gente for pilotar karts, vamos nos divertir e estaremos a apenas 50km/h com pneus muito duros e deslizando a cada curva para seguir competindo." O espanhol, no entanto, admitiu que sente falta dos carros mais antigos da Fórmula 1, quando a categoria era mais veloz. "Para pilotos como eu, o Kimi (Raikkonen) ou o Jenson (Button), que pilotaram em outra Fórmula 1, não é que seja melhor ou pior, mas você sente falta daqueles carros." Alonso voltará à pista nesta sexta-feira para a disputa dos treinos livres para o GP do Bahrein, que acontecerá no domingo, ao meio-dia (de Brasília). O espanhol é atualmente o terceiro colocado do Mundial de Pilotos, com 24 pontos, 19 atrás do líder Nico Rosberg.

Leia tudo sobre: Fernando AlonsoF1automobilismoFórmula 1lentoscarrosveículosinsatisfeito