Chuva cai forte mais uma vez em BH, arrasta carros e ilha pessoas

Avenida do Contorno, próximo ao bairro Carlos Prates, na região Centro-Sul, e rua Juiz de Fora, na mesma região, estão tomadas pela água

iG Minas Gerais | CAMILA KIFER |


Chuva cai forte mais uma vez, arrasta carros e ilha pessoas. Foto: leitor/otempoChuva cai forte mais uma vez, arrasta carros e ilha pessoas. Foto: leitor/otempoChuva cai forte mais uma vez, arrasta carros e ilha pessoas. Foto: leitor/otempoChuva cai forte mais uma vez, arrasta carros e ilha pessoas. Foto: leitor/otempoChuva cai forte mais uma vez, arrasta carros e ilha pessoas. Foto: leitor/otempoChuva cai forte mais uma vez, arrasta carros e ilha pessoas. Foto: leitor/otempoChuva cai forte mais uma vez, arrasta carros e ilha pessoas. Foto: leitor/otempoChuva cai forte mais uma vez, arrasta carros e ilha pessoas. Foto: leitor/otempoChuva cai forte mais uma vez, arrasta carros e ilha pessoas. Foto: leitor/otempoChuva cai forte mais uma vez, arrasta carros e ilha pessoas. Foto: leitor/otempoChuva cai forte mais uma vez, arrasta carros e ilha pessoas. Foto: leitor/otempoChuva cai forte mais uma vez, arrasta carros e ilha pessoas. Foto: leitor/otempoChuva cai forte mais uma vez, arrasta carros e ilha pessoas. Foto: leitor/otempoChuva cai forte mais uma vez, arrasta carros e ilha pessoas. Foto: leitor/otempoChuva cai forte mais uma vez, arrasta carros e ilha pessoas. Foto: leitor/otempoChuva cai forte mais uma vez, arrasta carros e ilha pessoas. Foto: leitor/otempoChuva cai forte mais uma vez, arrasta carros e ilha pessoas. Foto: leitor/otempoPrudente também ficou alagada. Foto: leitor/otempoA avenida Francisco Sá é um dos pontos mais críticos de alagamento na capital. Foto: leitor/otempoFotos recebidas pela reportagem de O TEMPO mostram um buraco no teto e a água entrando no espaço e funcionários tentando secar o alagamento. Foto:  Rhavi Moreira/ DivulgacaoA avenida Francisco Sá é um dos pontos mais críticos de alagamento na capital. Foto: Kelly Fonseca


A chuva que atinge parte de Belo Horizonte na tarde desta quinta-feira (3), pelo terceiro dia consecutivo, começa da dar sinais de prejuízo. A informação é de que a região Central e Centro-Sul de Belo Horizonte são os mais atingidos pelo temporal.

A rua Juiz de Fora, no Barro Preto, na região Centro-Sul, já está tomada pela água, assim como a avenida Contorno, próximo ao Hospital Odete Valadares, no bairro Carlos Prates, na mesma região.

Pelo twitter, usuários postam fotos e comentários assustados com a chuva. No Prado, avenida Francisco Sá, uma pessoa está ilhada dentro de um veículo próximo a avenida Truqueza. Corpo de Bombeiros já estão deslocando para o loca.

Ainda no Prado, motoristas estão ilhados dentro de seus veículos na rua Ituiutaba.

Em função do alagamento, a avenida Amazonas, próximo a rua Santa Catarina, no Centro de Belo Horizonte, precisou ser interditada pelo Batalhão de Trânsito da Polícia Militar (PM). Ainda no centro, o nível da água assusta quem tenta passar pela avenida Augusto de Lima.

No bairro Cidade Jardim, a avenida Prudente de Morais, na altura do Santo Antônio, na região Centro-Sul, também sofreu com a enxurrada.

Na região da Pampulha, há vários pontos de alagamento pela avenida Heráclito Mourão (também conhecida como Atlântida), perto da Toca da Raposa I.

Pontos de alagamentos também foram registrados na avenida Cristiano Machado, na altura do bairro Floresta, na região Leste Belo Horizonte.

Minascentro


A forte chuva fez com que parte do teto de um tradicional espaço para eventos da capital, o Minascentro, na região Centro-Sul, desabasse. Fotos recebidas pela reportagem de O TEMPO mostram um buraco no teto, a água entrando no espaço e funcionários tentando secar o alagamento.

A reportagem entrou em contato com o Minascentro, porém ninguém foi encontrado para comentar o problema. Até o momento nem bombeiros nem a Defesa Civil tinham sido acionados pela a administração do local

Salvamentos

Em função da chuva, dois veículos de passeio colidiram na avenida Silva Lobo, próximo ao Hospital da Unimed, no bairro Nova Granada, na região Oeste de Belo Horizonte. Viaturas do Corpo de Bombeiros estão no local.

Outra pessoas que estava ilhada dentro de um veículo na avenida Prudente de Moraes, no bairro Cidade Jardim, também foi socorrida pelos bombeiros.

A região Norte de Belo Horizonte, já está sendo atingida. Moradores da rua Dezenove, próximo ao bairro Novo Arão Reis, estão ilhados esperando por socorro. Bombeiros se deslocam para o local.

Pessoas também estão ilhadas no encontro das ruas Tomé de Souza com Sergipe, na Savassi.

Bairros mais atingidos

Prado, Centro, Pampulha, Cidade Jardim, Floresta e Novo Arão Reis.

Não foram atingidos

Ao contrário do que aconteceu durante o temporal de quarta-feira (2), bairros como Padre Eustáquio, Caiçara, Lagoinha e Betânia não sofreram com o temporal da tarde desta quinta.

Alerta

Defesa Civil de Belo Horizonte divulgou, durante temporal, uma possibilidade de chuva forte, com risco de granizo nas regiões: Norte, Nordeste, Leste e Centro Sul do município.

Leia tudo sobre: chuvabelo horizonte