Santos quer enfrentar Atlético pelo Brasileirão na Arena Pantanal

Clube paulista que fazer mais um jogo na nova arena antes da Copa do Mundo

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Arena Pantanal chama atenção por semelhanças com a Arena Independência
Edson Rodrigues/Secopa MT / Divulgação
Arena Pantanal chama atenção por semelhanças com a Arena Independência

Após participar do primeiro jogo oficial da Arena Pantanal - o empate por 0 a 0 com o Mixto, pela primeira fase da Copa do Brasil -, o Santos pretende mandar outra partida no estádio de Cuiabá. Na última quarta-feira, representantes do Comitê de Gestão do clube paulista conversaram com o governador Silval Barbosa e com Maurício Guimarães, secretário extraordinário da Secopa-MT, para apurar a viabilidade de atuar novamente na capital do Mato Grosso. Eles entregaram camisas do Santos de presente para os dois e consultaram sobre a possibilidade. A intenção é mandar a partida do dia 18 de maio, pelo Campeonato Brasileiro, contra o Atlético-MG, na Arena Pantanal. A data é três dias antes de o estádio ser entregue para a Fifa e poderia ser mais um evento-teste para a Copa do Mundo. "Eles já sinalizaram com o interesse e vamos ver", afirmou Guimarães, sem dar detalhes de como seria feita a parceria. "Pode ser por um valor fixo, participação na renda, não sabemos ainda", continuou. No ano passado, o Santos mandou uma partida no Mané Garrincha, em Brasília, e vendeu o confronto com o Flamengo por R$ 800 mil. Mas a renda foi de quase R$ 7 milhões, o que acabou gerando polêmica, pois muitos consideraram um mau negócio. O técnico santista Oswaldo de Oliveira gostou bastante do campo de jogo na partida contra o Mixto, mas já avisou que o estádio precisa de melhorias para ficar no nível de uma partida de Copa do Mundo. "É um estádio lindíssimo, com gramado excelente. Mas muita coisa ainda precisa ser feita. É preciso trabalhar bastante na parte interna da Arena Pantanal, nos vestiários também. Minha expectativa é que até a Copa esteja tudo bem", comentou o treinador.