Com contrato no fim, Serginho espera ficar no Palmeiras

Jogador tem contrato com o Verdão até 30 de abril

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

O meia Serginho encarou a partida contra o Vilhena, na última quarta-feira, de uma forma especial. O jogador tem contrato com o Palmeiras até 30 de abril e sabe que daqui em diante, qualquer fato positivo que conseguir fazer pode contar pontos na decisão da diretoria em renovar ou não seu contrato. O jogador, que pertence ao Oeste já deixou claro que pretende ficar para a sequência da temporada.

"Claro que quero ficar. Acho que, pelo que eu fiz, mereço ficar. Eu fiz alguns gols e estou sempre tentando ajudar a equipe. No meu conceito, acho que fiz o meu melhor, mas prefiro ficar quietinho e esperar para ver o que acontece", disse o meia, que diante do Vilhena entrou na lateral-direita e participou do gol que abriu o placar na vitória palmeirense por 2 a 0.

O jogador acredita que justamente essa versatilidade, de poder atuar na lateral, meia e ataque, possa fazer a diferença na hora da diretoria analisar se vai continuar com ele. "Posso ajudar porque jogo em duas ou três posições. O Wendel é mais de marcação e eu sou mais ofensivo. Pode ser uma formação tática diferente comigo e pode dar certo", explicou o jogador, "vendendo seu peixe."

Até o momento, ninguém da direção do Palmeiras o procurou e apesar da vontade em permanecer, ele garante que está tranquilo. "Estou esperado. Quem sabe não me chamam em breve? Estou de cabeça fria, já que ainda tem jogos do Brasileiro e da Copa do Brasil antes de acabar o contrato, então tenho como mostrar serviço."

Uma das posições consideradas mais emergenciais do Palmeiras é justamente um lateral-direito. Wendel tem atuado no setor e o técnico Gilson Kleina conta ainda com Bruno Oliveira como único lateral-direito no grupo, mas o jogador tem dificuldades em ter sequência por questões físicas. Tiago Alves, Bruninho e o próprio Serginho já foram testados no setor.

Leia tudo sobre: futebolesporteserginhopalmeiras